São vários os estabelecimentos comerciais que podem permanecer de portas abertas, durante o período em que está declarado o estado de emergência, em vigor até 17 de abril.

Papelarias e tabacarias (jornais, tabaco), espaços de jogos sociais, postos de abastecimento de combustível e minimercados, supermercados e hipermercados são apenas alguns exemplos que constam no decreto do Presidente da República, de 18 de março e renovado a 2 de abril, que procede à execução da declaração do estado de emergência. É também nestes locais que pode encontrar o seu jornal, o REGIÃO DE LEIRIA.

Na região há mais de 200 locais onde pode adquirir todas as quintas-feiras o seu exemplar e o dia de amanhã, 9 de abril, não é excepção.

Nas estações de serviço e postos de combustível, em que o atendimento está a ser realizado através de postigos, a venda de jornais continua a realizar-se, pelo que deve solicitar o seu exemplar ao funcionário que o atender.

Há, no entanto, mais uma razão para se deslocar a um destes estabelecimentos e comprar o seu REGIÃO DE LEIRIA. A edição de 9 de abril inclui a oferta de uma máscara de proteção, uma ação que se estende à totalidade de jornais enviados para os assinantes e aos pontos de venda.

Veja o documento e encontre o local mais próximo na região onde pode adquirir o seu exemplar.

A oferta da máscara é uma iniciativa que conta com a colaboração do ACES, Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Litoral e com o alto patrocínio do grupo Luso Francês St. Germain, do empresário leiriense Carlos de Matos, que pretende desta forma contribuir para o combate à pandemia da COVID-19.

As máscaras foram fabricadas em tempo recorde pela empresa Anzú, de Gândara dos Olivais, Leiria, envolvendo o trabalho de 17 pessoas ao longo de quatro dias. A mesma empresa é também responsável pela produção de 25 mil máscaras adquiridas pelo Município de Leiria, para distribuição junto de instituições deste concelho.

São muitas as solicitações que chegaram ao REGIÃO DE LEIRIA desde que o jornal deu conta desta iniciativa. Haverá um reforço de tiragem do jornal para distribuição nos pontos de venda habituais, mas o REGIÃO DE LEIRIA apela aos seus leitores para dizerem não ao açambarcamento, permitindo assim que o jornal e a máscara cheguem ao maior número possível de pessoas.

No interior da edição é ainda publicado um espaço com indicações e conselhos para o uso correto da sua máscara.

Em permanência no site e das redes sociais, além da sua edição semanal, o REGIÃO DE LEIRIA alterou toda a sua organização interna para acompanhar em permanência os impactos da pandemia e todos os temas que acontecem na região, sem fins de semana, feriados ou folgas. #Fiqueemcasa