Um homem de 25 anos foi ontem detido pela PJ em Leiria por suspeita de envolvimento num assalto violento de que foi vítima uma mulher grávida há precisamente um ano, na cidade de Leiria.

Segundo comunicado do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária, a operação decorreu na sequência da detenção de dois suspeitos, com 18 e 21 anos, deste roubo violento, em 18 de dezembro do ano passado.

“Os factos ocorreram no dia 27 de abril de 2019, no interior de uma habitação localizada na cidade de Leiria, sendo vítima uma mulher que ali residia e que estava grávida”, recorda a PJ.

Os autores usaram de “intensa violência psicológica e física”, recorrendo a armas brancas, e “amordaçaram e manietaram a vítima, roubando-lhe considerável quantia em dinheiro.”, acrescenta aquela força policial, referindo ainda ter recolhido “relevantes elementos com valor probatório, suscetíveis de permitirem o cabal esclarecimento da responsabilidade de cada um dos participantes nos factos”.

O indivíduo vai ser entretanto presente a primeiro interrogatório judicial para a aplicação das medidas de coação.

Quanto aos dois outros suspeitos, o mais novo, de 18 anos, está a aguardar julgamento em prisão preventiva, enquanto o de 21 anos, ficou sujeito às proibições de se ausentar de Portugal, de contactar a vítima e à obrigação de se apresentar, duas vezes por semana, às autoridades policiais.