O Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária de Leiria deteve no domingo, dia 5, um homem por suspeita da prática de crimes de abuso sexual de crianças, na forma agravada, e de violência doméstica.

De acordo com a informação divulgada hoje pela PJ, os crimes terão ocorrido na zona de Óbidos e a criança, de 11 anos, “terá sido sujeita a atos sexuais de relevo” por parte do suspeito, seu padrasto.

O homem, de 47 anos e barbeiro de profissão, terá também agredido a companheira, mãe da criança, acrescenta a autoridade policial.

A PJ explica, em comunicado, que o “conhecimento dos factos foi recente” e que a investigação levada a cabo “de imediato”, conduziu à detenção do suspeito.

O arguido foi presente às autoridades judiciais competentes, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de “proibição de aproximação e contactos”, tendo ainda ficado “proibido de residir na morada das vítimas”.