Os Amigos do Parque da Lagoa, na Ortigosa, promovem, este domingo, 10 de maio, um buzinão como forma de protesto pelo abate de árvores naquele espaço de merendas e onde habitualmente se realizam as Tasquinhas da Ortifae.

A informação é avançada pela página de Facebook “Notícias da Ortigosa”. “Perante o abate indiscriminado das árvores do Parque da Lagoa, sem qualquer estudo dendrológico das mesmas, sem aprovação da Assembleia de Freguesia e sem qualquer discussão pública sobre o futuro do parque, vimos convidar ‘Os amigos do Parque da Lagoa’ a participarem num buzinão”, lê-se no post feito ao início da tarde de hoje.

O objetivo, acrescentam o promotores da iniciativa, é demonstrar o “descontentamento pela forma como o processo foi conduzido” e manifestar a “defesa intransigente do meio ambiente de forma a que as populações tenham uma melhor qualidade de vida e ambiental”. Acrescentam ainda que “quem mandou cortar as árvores vai ficar na história pelas piores razões e o buzinão também vai ficar na história, mas por ser a primeira grande manifestação a favor do ambiente, a favor da qualidade de vida, a favor da voz das populações”.

A concentração está marcada para as 15 horas, junto ao Campo de Futebol do Grupo desportivo Santo Amaro.

Devido à pandemia, a organização pede aos participantes que se manifestem “descarregando a sua revolta na buzina da viatura”. Pede ainda que não saiam dos carros de forma a serem mantidas as distâncias sociais e salvaguardada a saúde de todos.

Em junho do ano passado, a população da União de Freguesias de Souto da Carpalhosa e Ortigosa já se tinha manifestado surpreendida e descontente com o abate de árvores, conforme foi noticiado pelo REGIÃO DE LEIRIA.

Na edição da próxima quinta-feira do nosso jornal, daremos desenvolvimentos sobre a recente intervenção que foi feita no Parque da Lagoa.