O Município de Leiria vai lançar o projeto Brincarte, destinado às crianças da educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico da rede pública, que terá um investimento de 62.500 euros.

Integrada no conjunto de medidas “Leiria Regressa”, esta iniciativa permitirá a que cada agrupamento de escolas do concelho tenha oportunidade de, a partir do seu Projeto Educativo, eleger as prioridades e dinâmicas a desenvolver, informa uma nota de imprensa.

As escolas contarão com meios para apetrechar cada jardim-de-infância e escolas do 1.º ciclo do ensino básico com o equipamento adequado e necessário para dinamizar as diferentes atividades lúdicas no recreio escolar.

O projeto dá também oportunidade de desenvolver projetos de Educação Artística nas áreas das artes visuais, expressão dramática/teatro, dança e música.

Segundo a autarquia, a aquisição de recursos aplicados aos projetos implícitos no currículo responde à valorização do recreio e das artes, proporcionando a implementação de um projeto cultural de escola em parceria com as entidades locais, numa lógica de sustentabilidade.

“Devolver a brincadeira ao ar livre às crianças é um dos objetivos do programa, que vai muito além do recreio”, afirma a vereadora da Educação e Cultura, Anabela Graça, citada na nota de imprensa.

Para Anabela Graça, ao apetrechar e criar “condições para o desenvolvimento de diversas atividades lúdicas”, associa-se “também a operacionalização do currículo integrado das artes, no âmbito do Plano Nacional das Artes e em articulação com agentes artísticos e produção cultural. Leiria quer as suas crianças felizes”.

O projeto Brincarte coloca as crianças como atores que contribuem para a sua comunidade e exprimem opiniões sobre aquilo que afeta o seu quotidiano, numa leitura interdisciplinar com as várias manifestações artísticas, adianta a nota.

Além disso, “valoriza o papel da escola e dos professores na construção de um concelho educador com uma vertente cultural forte”.