Com a chegada do novo coronavírus, o sociólogo tem estado recolhido numa aldeia a 30 quilómetros de Coimbra, mas mantém uma ativa participação pública. Dá palestras online, escreve livros e acredita que não se voltará ao mesmo modelo de organização económica, política e social