É da Marinha Grande, é deputada, chama-se Ana, mas todos a conhecem como Margarida Balseiro Lopes e, de acordo com uma consultora internacional na área da comunicação, integra o lote de 120 líderes do futuro nos países que usam a língua espanhola ou portuguesa.

A listagem resulta do estudo Future Leaders, levado a cabo pela consultora LLYC em parceria com a Trivu, empresa que liga em rede talento jovem.

Com 31 anos de idade, acabados de fazer em finais de setembro, a jovem da Marinha Grande é deputada na Assembleia da República mas também na Assembleia Municipal da Marinha Grande. Eleita pelo PSD, liderou de abril de 2018 a julho deste ano, a estrutura nacional da Juventude Social Democrata (JSD). Com licenciatura em Direito e com mestrado em Direito e Gestão, Ana Margarida Balseiro de Sousa Lopes integra a lista de jovens líderes lusos do futuro, saída do estudo Future Leaders, efetuado pela consultora LLYC, especializada em comunicação e gestão

O estudo foi efetuado levando em linha de conta “uma análise exaustiva da pegada digital discursiva”, o que inclui, entre outros, artigos, textos, publicações nas redes sociais, vídeos, adianta a consultora.

“Esta pesquisa identifica as tendências e os traços de personalidade de jovens que lideram nas suas áreas de atividade e estabelece uma comparação com a personalidade e a comunicação dos líderes da atualidade”, aponta a empresa em comunicado.

E o que os distingue? “O sólido sentido de disciplina, a forte tendência para a ação, a firme orientação para a cooperação e a liderança coletiva ou resiliente, positiva e emocional”, reforça a consultora. Estas são, afinal, “algumas das dimensões que definem o perfil desta nova geração de líderes, e os traços que a distinguem dos líderes contemporâneos”.

Margarida Balseiro Lopes, ex-líder da JSD nacional e deputada do PSD na Assembleia da República, faz parte do lote de uma dezena de líderes de futuro identificados para Portugal e conhecidos no final de setembro.

A lista lusa contempla igualmente o músico Salvador Sobral, o  surfista Frederico Morais , Madalena Rugeroni (country manager na Too Good to Go em Portugal), a empreendedora e cientista Joana Paiva, Fred Canto e Cas-tro (fundador da Sonder e CEO do Seekers Club), Simão Cruz (engenheiro especialista em Fintech), o piloto Miguel Oliveira  e ainda a cofundadora da The Human Toolbox Joana Leite e Catarina Macedo (engenheira especialista em UX).

A equipa que elaborou o estudo analisou o discurso de jovens de Espanha, Portugal, Peru, Estados Unidos, Argentina, Chile, Equador, Brasil, Colômbia, República Dominicana, Panamá e México.

Esta geração possui um discurso “muito mais virado para os valores comunitários e sociais e ancorado na importância do trabalho em equipa”. “Pessoas”, “Família”, “Amigos”, “Equipa” ou “Apoio”, e verbos como “Ajudar”, “Partilhar” ou “Participar” são palavras recorrentes, adianta o estudo.