O número de casos ativos na região de Leiria desceu ligeiramente para os 386 doentes infetados, depois de nas últimas 24 horas se terem registado 33 novos resultados positivos mas também 36 recuperações.

Leiria é o concelho com mais novos casos registados desde ontem, 13 dos 27 da região, o que eleva para 80 o total de casos ativos no concelho. Este será o maior número de casos ativos num concelho da região desde o início da pandemia.

Na região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém) foram ainda identificados mais situações de infeção em Caldas da Rainha (sete), Pombal (quatro), Nazaré (três), Porto de Mós (dois), Peniche, Alcobaça, Figueiró dos Vinhos e Bombarral (com um caso cada).

Relativamente ao número de doentes que conseguiram superar a infeção, Pombal tem registo de 14 recuperações. Em Porto de Mós oito pessoas ultrapassaram a doença, enquanto na Batalha há mais quatro. Em Alcobaça três pessoas deixaram de estar com teste positivo, em Leiria duas, tal como em Caldas da Rainha, e na Nazaré e em Peniche uma em cada. Também em Óbidos, o único caso ativo passou agora a ser considerado como recuperado. Com 36 recuperações desde ontem, são agora 1.379 as pessoas que superaram a infeção pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, em 1.814 casos confirmados.

Ontem, quinta-feira, a Câmara de Leiria começou um roteiro pelas escolas secundárias do concelho, com o objetivo de avaliar o impacto nos jovens das medidas adotadas em contexto escolar com a pandemia.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste, Cim Médio Tejo e municípios

Novo recorde de casos em Portugal

Portugal regista hoje 2.608 novos casos de infeção com o novo coronavirus, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia de covid-19, e 21 mortos, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

É o terceiro dia consecutivo que Portugal tem mais de dois mil novos casos, após os 2.072 registados na quarta-feira e os 2.101 na quinta.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.149 mortes e 95.902 casos de infeção, estando ativos 37.697 casos, mais 1.602 do que na quinta-feira.

O número de recuperações também aumentou. É agora de 56.066, mais 985 do que ontem.

Em unidades hospitalares, estão internadas 1.015 pessoas, mais 22 do que ontem, das quais 144 (mais cinco), em cuidados intensivos.