Assinar Edições Digitais


Caldas da Rainha

Caldas da Rainha: Bordalo II cria “morcego de plástico” contra o consumismo cego

A mais recente obra do artista português pretende ser um grito de alerta e um apelo à sustentabilidade do planeta.

Um morcego iluminado é a mais recente obra assinada por Bordalo II, que ocupa agora a parede de um edifício da rua Capitão Filipe de Sousa, em Caldas da Rainha.

A peça de arte, construída com desperdícios de plástico, luzes de néon e um mini painel fotovoltaico, pretende ser “um verdadeiro grito de alerta” e um apelo à sustentabilidade do planeta.

“Estas são para mim técnicas interessantes e com grande potencial artístico. Neste caso, são um upgrade a acrescentar aos resíduos da série dos Big Trash Animals, para lhes dar mais destaque, numa cidade onde são quase engolidos pelas imensas e ofuscantes formas de comunicação publicitária”, frisa Bordalo II, citado numa nota de imprensa.

Denominada Lighted Plastic Bat, a obra, que passa a integrar o roteiro de arte urbana de Caldas da Rainha, é assumida pelo artista português como um manifesto contra o consumismo cego e o “caráter descartável de muitos produtos usados no dia-a-dia, que são um atentado à saúde do planeta e perfeitamente desnecessários”.