Assinar Edições Digitais
Cultura

Terminal Terminal. “Isso lamento” estreia novo projeto de Marciano

Um tema composto durante o isolamento imposto pela pandemia marca a revelação de uma nova proposta de música industrial de Leiria.

Terminal Terminal é título do novo projeto de Marciano Silva, que se estreia com “Isso lamento”, tema criado para a coletânea “Isolamento acidental”, da editora ANTI-DEMOS-CRACIA.

O músico de Leiria lança-se assim na música industrial com o que considera ser um “escape ao escape”:

“O meu projeto a solo – mARCIANO – é o escape, este é o escape ao escape”, explicou ao REGIÃO DE LEIRIA.

Em Terminal Terminal, Marciano lança-se ainda mais no campo da experimentação. “É um poço de experiências para coisas alternativas, um laboratório onde exploro o carinho que tenho pelo género industrial”.

O novo projeto é “uma daquelas coisas que pensamos fazer há dez anos e nunca levamos avante”.

Agora, compelido pelo convite para fazer uma música para a ANTI-DEMOS-CRACIA e inspirado pelo confinamento pandémico, avançou. “Porque não? A vida é curta”.

Composto a solo, “Isso lamento” é uma música “bastante direta para memória futura”, sendo também uma exceção no caminho que o artista quer que Terminal Terminal siga:

“O tema foi o isolamento e por isso quis fazer o tema sozinho. Mas o objetivo será totalmente o contrário, quero convidar pessoas que prezo muito para esta amálgama de ideias”.

Em dezembro haverá mais novidades de Terminal Terminal, com uma remistura para o projeto industrial “Nothing:Always:Works”. Para 2021 está reservado o lançamento de novos temas.

Entretanto, Marciano pensa já no segundo disco de mARCIANO: “Vai ter outro rumo, a voz vai comandar muito mais do disco”.

A coletânea “Isolamento acidental” conta também um tema da Ode Filípica, de Carlos Matos, também de Leiria: “Libera nos a malo”.