Assinar
Covid-19

Ginásios fecham mas atividade física é permitida perto da residência

Locais fechados destinados a práticas desportivas de lazer encerram a partir de sexta-feira. Competições desportivas profissionais mantêm atividade durante o confinamento.

Ginasios reabrem em Leiria

Se tem por hábito realizar corrida e caminhada ao ar livre, saiba que, durante o confinamento, que entra em vigor esta sexta-feira, dia 15, como medida para travar o aumento exponencial de casos de infeção por Covid-19, o pode continuar a fazer.

Esta é uma das exceções permitidas, durante o período de estado de emergência, até ao próximo dia 30 de janeiro, mas apenas se o fizer de individualmente, com membros do mesmo agregado familiar e próximo de casa.

A saída de casa também está autorizada com os mais novos, para “fruição de momentos ao ar livre”, como por exemplo jogos ao ar livre ou passeios de bicicleta, que “devem ser de curta duração e ocorrer na zona de residência”, “desacompanhadas ou na companhia de membros do mesmo agregado familiar que coabitem”.

Já as idas ao ginásio, aulas de grupo ou piscinas ficam suspensas.

“Quaisquer locais fechados destinados a práticas desportivas de lazer”, como ginásios, estúdios, clubes e associações desportivas passam a estar encerrados, refere o conjunto de medidas anunciado ontem pelo primeiro-ministro.

Estão incluídos neste grupo, os campos de futebol, rugby e similares;
pavilhões ou recintos fechados; pavilhões de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, hóquei em patins e similares; campos de tiro fechados; courts de ténis, padel e similares fechados; pistas fechadas de patinagem, hóquei no gelo e similares; piscinas; ringues de boxe, artes marciais e similares; circuitos fechados permanentes de motas, automóveis e similares; velódromos fechados; hipódromos e pistas similares fechados; pavilhões polidesportivos; ginásios e academias; pistas de atletismo fechadas; estádios.

As instalações desportivas que sejam utilizadas para a prática desportiva das equipas profissionais ou equiparadas, bem como para as aulas de Educação Física podem funcionar para essa finalidade.

Jogos e treinos da I divisão nacional continuam em atividade

Ao contrário do que aconteceu em março de 2020, em que todas as provas federadas suspenderam a atividade, agora as equipas dos principais campeonatos nacionais vão continuar a treinar e jogar.

Sem público e no cumprimento das orientações da DGS, como até agora, “todas as atividades de treino e competitivas profissionais e equiparadas” vão manter a sua calendarização.

Estão abrangidas as competições nacionais da I divisão nacional, como é o caso do andebol, basquetebol, voleibol ou futsal, bem como, no caso concreto do futebol, a I e II Liga (ambas profissionais) e a Taça da Liga.

O mesmo vai ocorrer nas provas de topo da Federação Portuguesa de Futebol, ou seja, continuam a disputar-se a I Liga de futebol feminino, o Campeonato de Portugal (equiparado a profissional) e a I Divisão (masculina e feminina) de futsal, e a Taça de Portugal.

Indica o decreto do Conselho de Ministros, publicado hoje, que “são equiparadas a atividades profissionais as atividades de atletas de alto rendimento, de seleções nacionais das modalidades olímpicas e paralímpicas, da 1.ª divisão nacional ou de competição de nível competitivo
correspondente de todas as modalidades dos escalões de seniores masculino e feminino, os que participem em campeonatos internacionais a atividade de acompanhantes destes atletas em desporto adaptado, bem como as respetivas equipas técnicas e de arbitragem”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.