Assinar


Leiria

Candidatura de Helder Roque é uma “notícia falsa” – diz presidente da concelhia

“Na qualidade de presidente do PSD Leiria, não sou comentador de notícias, muito menos de notícias falsas”, diz Álvaro Madureira

O presidente da comissão política concelhia do PSD de Leiria considera “falsa” a notícia avançada pela estação de televisão SIC, na sexta-feira, dia 12, segundo a qual “Helder Roque, administrador hospitalar, é a escolha do PSD para as autárquicas em Leiria”

“Na qualidade de presidente do PSD Leiria, não sou comentador de notícias, muito menos de notícias falsas”, respondeu Álvaro Madureira ao pedido de comentário efetuado pelo REGIÃO DE LEIRIA.

“Relativamente às autárquicas para a nossa capital de distrito, remeto para o que disse no jornal REGIÃO DE LEIRIA do dia 4 de fevereiro”.

Nessa notícia, Álvaro Madureira explicava que “as características do candidato já estavam definidas”.

“Terá que ser uma pessoa do concelho, que viva no concelho, conheça muito bem o concelho e a autarquia. Um empreendedor, um jovem que goste do concelho de Leiria, que tenha um projeto mobilizador e que esse projeto seja complementado com as dinâmicas próprias do partido”, afirmou o líder do PSD de Leiria.

O processo de escolha está em curso, com contactos nas juntas de freguesia e para os restantes órgãos municipais, explicou Álvaro Madureira, adiantando que deverá estar concluído até final de março.

Helder Roque nasceu em outubro de 1955 em Portimão e reside em Leiria.

Foi vereador na câmara de Leiria no período de 1994/97 em regime de permanência e substituto do presidente, e de 2002 a 2005 como independente.

Em 2001 encabeçou a lista “Cidadãos Independentes” às eleições autárquicas.

Helder Roque foi presidente do Hospital de Santo André (inicio em 2005), do Centro Hospitalar de Leiria-Pombal (2011) e do Centro Hospitalar de Leiria, tendo cessado funções em maio de 2019.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.