Assinar
Covid-19

Covid-19: Câmara de Leiria distribui 30 mil máscaras reutilizáveis em escolas

Serão ainda entregues cerca de 7.000 kits de proteção individual a todos os professores, assistentes técnicos e operacionais dos estabelecimentos de ensino público de Leiria.

fotografia de uma mãe a colocar uma máscara cirúrgica no filho

A Câmara de Leiria anunciou, esta sexta-feira, a distribuição de 30 mil máscaras reutilizáveis nas escolas do concelho, na sequência do regresso às aulas presenciais, no âmbito do plano de desconfinamento decorrente da pandemia de covid-19.

Numa nota de imprensa, a autarquia adianta que hoje já será efetuada a entrega de cerca de 5.000 máscaras a todos os alunos do 1.º ao 4.º ano de escolaridade do ensino público e privado do concelho.

“Trata-se de máscaras sociais de tipo 2, com capacidade de filtração superior a 90%, certificada para 50 lavagens pelo CITEVE [Centro Tecnológico do Têxtil e Vestuário]”, adianta a nota.

O município refere que também serão entregues “cerca de 7.000 ‘kits’ de proteção individual a todos os professores, assistentes técnicos e operacionais dos estabelecimentos de ensino público de Leiria”.

“Cada ‘kit’ contém 10 máscaras FFP2, 20 máscaras cirúrgicas, uma embalagem de álcool gel e uma bolsa”, esclarece.

Citado na nota de imprensa, o presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes, salienta que esta é “uma medida preventiva” que “permite o cumprimento das regras de segurança no regresso às aulas presenciais”.

Segundo informação enviada à Lusa, a câmara já entregou 6.000 máscaras especificamente a alunos, tendo estes sido também contemplados com máscaras no âmbito da generalização da distribuição por toda a população.

O município acrescenta que vai ainda distribuir gratuitamente cerca de um milhar de ‘kits’ de proteção individual a todos os funcionários das instituições particulares de solidariedade social do concelho.

“Cada ‘kit’ é constituído por 10 máscaras FFP2, 20 máscaras cirúrgicas, uma embalagem de álcool gel e uma mochila”, adianta.

O concelho de Leiria regista, desde o início da pandemia, em março do ano passado, 6.843 casos do novo coronavírus, mantendo-se 65 ativos, de acordo com o boletim da Comissão Distrital de Proteção Civil divulgado hoje.

No mesmo período, recuperaram da doença 6.606 pessoas, havendo ainda 164 óbitos.

O calendário de reabertura das escolas do plano de desconfinamento prevê que já na segunda-feira aconteça a “reabertura das creches, jardins-de-infância e das escolas do primeiro ciclo”, anunciou na quinta-feira o primeiro-ministro, António Costa, no final da reunião do Conselho de Ministros em que ficou desenhado o plano de desconfinamento.

Também as Atividades de Tempos Livres (ATL) destinadas às crianças até ao 1.º ciclo voltam a abrir as portas na segunda-feira para receber presencialmente as crianças.

Só depois das férias da Páscoa regressam os restantes alunos.

Em 5 de abril, voltam ao ensino presencial os cerca de 530 mil alunos do 2.º e 3.º ciclos, que voltam a ter também abertos os ATL.

Os alunos do ensino secundário e do ensino superior só voltam a ter aulas presenciais em 19 de abril.

No final de janeiro, o Governo decidiu suspender as aulas presenciais no continente e os alunos tiveram, durante duas semanas, uma pausa letiva.

Em 8 de fevereiro, os alunos voltaram ao modelo de ensino à distância que agora volta a ter um prazo para terminar.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.