Assinar
Cultura Exclusivo

Apoio extraordinário dá vida a projetos que iam ficar na gaveta

Elegíveis mas sem financiamento, várias propostas artísticas da região vão acontecer através das verbas disponibilizadas pelo Governo para amenizar os efeitos da pandemia na cultura.

O coro Ninfas do Lis atuou com o quarteto Sete às Nove no 16º aniversário, em janeiro de 2020. O encontro foi inspirador e vai dar lugar a um disco Foto: Ninfas do Lis

É uma tradição nas candidaturas aos apoios da Direção-Geral das Artes: para Leiria nunca vem nada. No anterior concurso, do distrito apenas o Lusitanus Ensemble, com sede nas Caldas da Rainha, foi contemplado para edição do CD “Música do século XXI”. Será dedicado a grandes compositores portugueses, como Bernardo Sassetti ou Eurico Carrapatoso. De resto, vários projetos foram considerados elegíveis, mas todos ficaram sem financiamento.