Assinar
Cantinho dos Bichos

Exposição na vila do Juncal dá a conhecer as “Vidas Entre Nós”

Na mostra é possível observar as espécies que ocorrem na freguesia do concelho de Porto de Mós.

Fotografar a vida selvagem não é para todos. Além de dominar as técnicas de fotografia, é necessário conhecer as espécies, as suas rotinas e os lugares onde elas ocorrem.

E é precisamente este desafio que encanta João Rodrigues, o responsável pelas imagens de “Vidas Entre Nós”, expostas na vila do Juncal desde meados de abril.

A mostra dá a conhecer as espécies que podem ser avistadas naquela freguesia do concelho de Porto de Mós, através da objetiva do jovem de 20 anos, natural do Juncal.

“Foi a AC- Mós [Associação de Desenvolvimento Comunitário de Porto de Mós] que me propôs fazer a exposição porque devido ao confinamento a divulgação de cultura tem sido muito pouca”, explica ao REGIÃO DE LEIRIA.

As 19 fotografias estão espalhadas pela junta de freguesia, o centro de saúde e a padaria do Juncal até ao final de maio.

O projeto pretende “trazer um bocadinho de cor à vida das pessoas, que assim se alegram em locais de passagem” da vila.

Entre as várias espécies observadas, as aves de rapina noturnas são as que chamam mais a atenção de João Rodrigues, já que são espécies difíceis de ver e “com uma beleza quase semelhante ao humanos”, devido à posição dos olhos e à própria expressão no olhar.

A exposição é ainda uma forma de alertar para a importância da conservação das espécies e também mostrar uma paixão “desde pequenino”, que o jovem espera poder levar para o futuro.

A estudar Biologia na Universidade de Aveiro, o sonho de João Rodrigues é ser fotógrafo e videógrafo da vida selvagem.

A primeira grande aventura começa em setembro, com um estágio na Amazónia Boliviana onde quer fotografar os grandes felinos da América do Sul, como o jaguar ou o puma.

João Rodrigues tem 20 anos e é natural da vila do Juncal

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.