Assinar
Cultura

Cistermúsica homenageia a cantora italiana Mariella Devia no sábado

O tributo à soprano italiana Mariella Devia marca também a primeira visita da cantora a Portugal para orientar uma formação em Alcobaça.

Depois da abertura esgotada, o festival Cistermúsica apresenta uma diversificada mão cheia de propostas para este fim de semana, com destaque para um espetáculo inédito do Allurement Trio, em homenagem à aclamada soprano italiana Mariella Devia.

O pianista Vasco Dantas Rocha e as cantoras líricas Bárbara Barradas e Cátia Moreso dão vida a algumas das obras da artista e ao repertório do período entre os séculos XVIII e XIX, numa gala de ópera agendada para este sábado, 3 de julho, às 21h30, no Cine-Teatro de Alcobaça.

Os bilhetes custam 10 euros e podem ser adquiridos no local.

Allurement Trio homenageia Mariella Devia em gala de ópera no Claustro D. Dinis Foto: Festival Cistermúsica

A gala é resultado das masterclasses de canto que a artista italiana está a realizar, desde segunda-feira, no hotel Real Abadia, em Alcobaça, com conceituados cantores portugueses.

Segundo André Cunha Leal, diretor artístico do Cistermúsica, vai ser “uma noite de Bel Canto inesquecível”, garantindo a presença de “alguns dos melhores cantores portugueses”, escolhidos por Mariella Devia, a partir da masterclasse, para participar no espetáculo.

O tema da celebração dos 500 anos da circum-navegação é o mote para a sinergia entre artistas portugueses e espanhóis, que inspira tanto esta 29ª edição do Cistermúsica como o espetáculo de sexta-feira, 2 de julho, em “O Périplo de Magalhães e Elcano: uma Volta ao Mundo em 12 Obras”.

Será a oportunidade para ouvir “música do tempo de Magalhães” em Alcobaça, com os solistas do Coro de Câmara de Granada e o Samsaoui Ensemble, avança o diretor artístico, em vídeo partilhado no Facebook do festival.

A diversidade identitária do Cistermúsica revela-se também no domingo, dia 4, numa noite dedicada a “Outros Mundos” protagonizada pelo quarteto de jazz Gaia Cuatro, que junta dois artistas de renome do jazz japonês e dois músicos argentinos, para um concerto com “uma estética e linguagem musical muito própria”, lê-se na sinopse.

Os dois espetáculos acontecem no Claustro D. Dinis no Mosteiro de Alcobaça, às 21h30. Os bilhetes para ambos custam 10 euros e podem ser adquiridos na bilheteira online Blue Ticket.

Antes, esta quinta-feira, dia 1, atua o quinteto de sopros GISBA – Grupo de Instrumentistas de Sopro da Banda de Alcobaça. O projeto dedicado à música de câmara apresenta-se ao vivo no Museu do Vinho – Adega dos Balseiros, pelas 21h30. Os bilhetes custam 8 euros e podem ser adquiridos aqui.

Também integrado no festival, na programação destinada a famílias, em Alcobaça propõe-se para sexta-feira à tarde “Descobrir a música: A Flauta Mágica, de Mozart”. O concerto comentado de música de câmara é uma iniciativa da Academia de Música de Alcobaça e visa motivar e incentivar os alunos para a prática da música de câmara.

Este momento tem lugar no Cine-Teatro de Alcobaça, a partir das 18h30 de 2 de julho.

(Notícia atualizada às 14h26 do dia 1 de julho de 2021 com alteração do local da gala de ópera)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.