Assinar
Leiria

Técnicos de proteção civil municipal testam zonas de acolhimento em situação de catástrofe

Exercício procurou ainda testar a força do edifício, que se encontra identificado nos planos municipais do concelho de Leiria, e que num cenário real, poderá acolher uma ZCAP.

Dois incêndios florestais em Santa Catarina da Serra e na Mendiga obrigaram à evacuação de várias aldeias e mais de mil pessoas foram deslocadas. Há mais de meia centena de feridos graves, 200 feridos leves e vítimas mortais a registar.

O cenário não passou de um simulacro que a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil realizou, nos dias 27 e 28 de maio, no pavilhão dos Pousos, em Leiria, e juntou técnicos municipais da proteção civil e de serviço social do distrito.

O principal objetivo do exercício era simular a criação de uma Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP), para dar resposta a uma situação de emergência, desde a instalação até ao encerramento da mesma. Os intervenientes tiveram que criar áreas de acolhimento, registo, refeição e dormitório, ao mesmo tempo que recebiam mais deslocados e coordenavam todas as operações com o responsável de comando no posto de controlo da ocorrência.

Em simultâneo, os responsáveis de cada ZCAP foram testados com situações de cidadãos que queriam abandonar o espaço para ir apagar o fogo, que procuravam por familiares ou que estavam em trauma e não conseguiam comunicar.

O “jogo”, afinal foi disso que se tratou, procurou ainda testar a força do edifício, que no caso concreto se encontra identificado nos planos municipais do concelho de Leiria, e que num cenário real, poderá acolher uma ZCAP.

Recentemente, com a pandemia, muitos municípios tiveram que adaptar instalações desportivas, e não só, para acolhimento de cidadãos e a introdução das normas de segurança adotadas pelas autoridades de saúde (controlo de temperatura, distanciamento, zonas de isolamento) vieram aumentar a exigência e importância destes procedimentos, para cenários futuros.

No concelho de Leiria, além do pavilhão dos Pousos, também o Estádio Dr. Magalhães Pessoa é uma das áreas definida nos planos municipais para instalação de ZCAP, quer pela sua dimensão, quer pela localização geográfica, e ainda pelos acessos, sendo possível, por exemplo, a aterragem de um helicóptero, se necessário.

Ricardo Martins, do Serviço Municipal de Proteção Civil de Leiria, salientou a importância do exercício para todos os intervenientes, e tal como o autarca Gonçalo Lopes, que acompanhou parte do simulacro, justificou que como “anfitrião” Leiria só tem a ganhar com o conhecimento e adoção de procedimentos de proteção civil adequados a todas as necessidades.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.