Assinar
Alcobaça

“Fuga de gás” na origem da explosão em bungalow na Burinhosa

O alerta foi dado pelas 5h05 de hoje, sexta-feira e há dois feridos graves e dois feridos ligeiros, todos com 14 anos.

imagem de um v

“Uma fuga de gás” terá estado na origem da explosão desta madrugada que provocou dois feridos graves num parque de campismo de bungalows na Burinhosa, na freguesia de Pataias, no concelho de Alcobaça.

Além dos dois feridos graves, de 14 anos, outros dois jovens com a mesma idade, ficaram com ferimentos ligeiros.

O comandante dos bombeiros de Pataias, Leandro Bernardino, avançou à agência Lusa que a explosão aconteceu quando os jovens “acenderam a luz” no ‘bungalow’ (casa de madeira) onde os rapazes estavam instalados, provocando a ignição, pelo facto de existir “uma fuga de gás”.

Dois rapazes sofreram ferimentos graves, nomeadamente “queimaduras de segundo grau na face e nos membros superiores”. Os outros dois sofreram “ferimentos mais ligeiros”, aparentando “queimaduras de primeiro grau”, explicou o comandante.

A explosão provocou ainda avultados danos no ‘bungalow’, cujas paredes rebentaram.

Esta manhã, o CDOS de Leiria avançou ao REGIÃO DE LEIRIA que os feridos “são todos do sexo masculino e de nacionalidade espanhola”.

Os dois feridos graves deram entrada no Hospital de Santo André, em Leiria, confirmou fonte da unidade hospitalar ao nosso jornal.

Um dos jovens já foi transportado para a Unidade de Queimados do Hospital Pediátrico de Coimbra, e o outros também deverá ser transportado para essa unidade hospitalar.

RL com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.