Assinar
Autárquicas 2021

PSD de Castanheira de Pera acusa vereadores de traírem o partido

Vereadores João Graça e Nuno Tomás deixaram de exercer funções a 6 de agosto.

A presidente da Câmara de Castanheira de Pera, Alda Carvalho, recandidata ao cargo pelo PSD, retirou os pelouros a dois vereadores do partido por integrarem a lista do movimento independente “Mudar Castanheira 21”, liderado por Luís Oliva.

De acordo com o despacho de avocação de pelouros, Alda Carvalho teve apenas conhecimento no dia 3, com a afixação em tribunal das listas às eleições autárquicas, que os vereadores João Graça e Nuno Tomás “integram uma lista adversária ao partido pelo qual foram eleitos em 2017”.

A autarca sublinha que “a confiança política é essencial para uma conduta do ponto de vista ético, relacional, institucional e funcional na gestão pública autárquica” e, por essa razão, determinou que os vereadores em causa deixassem de exercer funções, desde o dia 6.

Em declarações ao REGIÃO DE LEIRIA, João Graça esclarece os motivos que o levaram a integrar a lista do movimento de Luís Oliva: “A Dra. Alda deixou de colaborar com os vereadores ao longo do mandato, para além de não ter cumprido com o programa eleitoral”.

O vereador revela ainda que ponderou “renunciar várias vezes ao cargo”, mas que a confiança depositada pelas pessoas que votaram no PSD, em 2017, fez com que reconsiderasse.

O vereador Nuno Tomás refere também que “há já algum tempo que não partilhava as mesmas ideias da presidente de Câmara e que a situação se foi agudizando, até chegar a este ponto”.

“A partir de uma certa altura, percebi que teria de haver um rumo diferente para o concelho”, revela.

Contactada pela agência Lusa, Alda Carvalho não quis comentar a situação, remetendo para o despacho de avocação de pelouros.

Já a concelhia do PSD, liderada por Pedro Graça, saiu em defesa da autarca e acusa os vereadores de traírem o partido e de não terem tido “a coragem, a frontalidade e a decência de se terem demitido de estarem a tempo inteiro em representação do PSD e entregue os pelouros que lhe estavam confiados”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.