Assinar
Cultura

Coro Ninfas do Lis celebra 18 anos com concerto na nascente do rio Lis

“Solta-se o Beijo”, “Gente Humilde” e “Peúgas” são alguns dos temas que vão ser apresentados este sábado, dia 11, num concerto a realizar no anfiteatro natural.

Ao fim de 18 anos de existência, o coro Ninfas do Lis, de Leiria, guarda uma vasta história para contar, com três CDs já editados e muitos projetos abraçados. “É uma grande alegria ver um grupo que começou pequenino e cresceu, tornando-se independente”, diz o maestro Mário Nascimento.

Para assinalar a efeméride, o coro vai dar um concerto este sábado, dia 11 de setembro, às 18 horas, na nascente do rio Lis, em Fontes, nas Cortes.

Neste espetáculo, o público vai ter oportunidade de embarcar numa viagem pela história das Ninfas do Lis, ouvindo desde peças mais recentes e pouco cantadas a obras mais antigas, como é o caso de “Gente Humilde”, tema lançado no primeiro ano do projeto.

“Solta-se o Beijo”, “Peúgas”, a música brasileira “Pra lá Pra cá”, “Baba Yetu”, de Christopher Tin, e duas peças de jazz fazem também parte do repertório variado, que integra momentos à capela e acompanhados por acordes de guitarra.

De forma a tornar o concerto ainda mais especial, as Ninfas do Lis escolheram “um espaço muito bonito e agradável” como palco. “Apesar da acústica não ser a melhor”, reconhece Mário Nascimento, o anfiteatro natural é o local ideal para assinalar a data, porque está relacionado com o nome do projeto, remetendo para “o sítio onde nasce o rio Lis, que, segundo a mitologia, é a sede das ninfas”, salienta.

As entradas no espetáculo são gratuitas, apelando o responsável à utilização de máscara, bem como o cumprimento do distanciamento físico.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.