Assinar
Covid-19

Covid-19: Volta a descer o número de casos ativos na região de Leiria

Balanço das autoridades dá conta de um número superior de recuperações face ao de novos casos nas últimas 24 horas.

imagem microscópica em 3d do novo coronavírus

Com o número de recuperações a duplicar o de novas infeções, volta a descer o número de casos ativos de Covid-19 na região de Leiria. De acordo com o balanço das autoridades referente às últimas 24 horas, foram diagnosticados mais 30 casos de infeção por SARS-CoV-2 e 69 recuperações. Não há registo de óbitos.

Os novos casos foram identificados em nove concelhos, sendo Alcobaça o que encabeça a lista ao registar 9 novas infeções. Os restantes concelhos novos doentes confirmados são: Nazaré (7), Ourém (4), Caldas da Rainha (3), Leiria (2), Marinha Grande (2), Pombal (1), Óbidos (1) e Peniche (1).

As 69 recuperações verificadas repartem-se por oito concelhos: Leiria (28), Pombal (15), Marinha Grande (13), Alcobaça (5), Peniche (3), Batalha (2), Óbidos (2) e Caldas da Rainha (1).

Face a esta variação de recuperações e de novos diagnósticos, os casos ativos voltam a descer e são agora 444. É necessário recuar a julho passado para encontrar um número tão baixo de pessoas com Covid-19.

Desde os primeiros casos de coronavírus detetados na região, em março de 2020, foram contabilizados 37.739 casos positivos, dos quais 36.383 já recuperaram e foram sinalizados 912 óbitos com causas associadas à doença.

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.