Assinar
Covid-19

Covid-19: número de pessoas infetadas registou uma ligeira descida esta semana

Desde sábado 199 pessoas recuperaram da doença na região de Leiria

O número de pessoas portadoras do vírus da Covid-19 residentes na região de Leiria, confirmado pelas autoridades oficiais, diminuiu em oito esta semana.

Segundo o relatório semanal dos serviços de Saúde e Proteção Civil, divulgado esta sexta-feira, dia 8, há um conjunto de concelhos em que os casos ativos aumentaram (63), mas há igualmente um grupo em que desceram (55).

Estas situações registaram um acréscimo no Bombarral (16), Pedrógão Grande (13), Ourém e Pombal (10 em cada município), Caldas da Rainha (5) e Peniche (1).

As descidas reportam aos concelhos de Nazaré e Alcobaça (22 em cada), Ansião (7), Marinha Grande e Batalha (4 em cada), Óbidos (3) e Castanheira de Pera (1).

Desde sábado, dia 2 – data da última publicação de dados atualizados pelos municípios – 199 pessoas recuperaram da doença na região de Leiria, a maioria nos concelhos de Alcobaça (46), Leiria (45), Nazaré (37), Caldas da Rainha (18) e Peniche e Marinha Grande (10 em cada). Há outros sete concelhos com recuperações, mas abaixo da dezena.

Neste período, o número de novos casos confirmados foi de 191; com destaque para os municípios de Leiria (45), Alcobaça (24), Caldas da Rainha (23), Bombarral (22), Pombal (17), Nazaré (15), Pedrógão Grande (13), Peniche (11) e Ourém (10). Há mais quatro concelhos com novos casos, mas abaixo da dezena.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020

Desde os primeiros casos de coronavírus detetados na região, em março de 2020, foram contabilizados 37.791 casos positivos, dos quais 36.619 já recuperaram e foram sinalizados 913 óbitos com causas associadas à doença.

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.