Assinar
Saúde

Visitas ao Centro Hospitalar de Leiria obrigam a certificado de vacinação ou teste negativo

Nos serviços de internamento o horário de visitas é das 12 às 20 horas, todos os dias, com uma duração máxima de 30 minutos.

O acesso de pessoas externas às unidades do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), nomeadamente dos visitantes, está, desde ontem, sexta-feira, sujeito à apresentação de certificado de vacinação ou teste negativo.

Numa nota de imprensa, o CHL informa que “no acesso às instalações hospitalares por não profissionais, é obrigatório o uso de máscara, e deixa de ser realizada a medição da temperatura à entrada”.

As visitas e acompanhantes de doentes devem apresentar o certificado digital covid-19 da União Europeia, ou um resultado negativo num teste ao SARS-CoV-2, efetuado nas últimas 72 horas.

As medidas entraram em vigor no dia 22, nas três unidades hospitalares do CHL: Hospital de Santo André, em Leiria, Hospital de Pombal e Hospital Bernardino Lopes de Oliveira, em Alcobaça.

Nos serviços de internamento as visitas têm uma duração máxima de 30 minutos, com restrição de uma pessoa por doente, e podem acontecer diariamente entre as 12 e as 20 horas.

As mesmas medidas aplicam-se à unidade de Pediatria e de Cuidados Especiais Neonatais e Pediátricos, onde é permitida ainda a permanência de um acompanhante por 24 horas.

Na Urgência Pediátrica é também possível o acompanhante permanecer por 24 horas.

As grávidas podem ter acompanhante “durante todas as fases do trabalho de parto, por qualquer pessoa por si escolhida”, desde que o médico obstetra e o anestesiologista “não identifiquem contraindicações clínicas”.

Por fim, no Hospital de Dia, é permitida a permanência de um acompanhante no período de duração do tratamento.

RL com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.