Assinar
Desporto

Leirienses João Rocha, Tuna Caranguejeiro e Paulo Reis homenageados pelo CNID

Cerimónia acontece dia 30 no Teatro Miguel Franco e atribui distinções a 21 atletas, dirigentes e jornalistas, entre eles os técnicos Sérgio Conceição e Abel Ferreira, os jogadores Darwin Núñez e Diogo Jota ou a lançadora Auriol Dongmo.

João Rocha será um dos homenageados na gala de aniversário da Associação de Jornalista de Desporto

A gala do 56.º aniversário da Associação dos Jornalistas de Desporto (CNID) acontece em Leiria, cidade que em 2022 tem o título de Cidade Europeia do Desporto, no próximo dia 30 de maio, e vai homenagear algumas figuras locais do desporto: José Manuel Tuna Caranguejeiro, jornalista e escritor, João Rocha, figura multifacetada do desporto e o primeiro treinador de Rui Patrício, e Paulo Reis, treinador de Auriol Dongmo.

Este será um momento singelo, no Teatro Miguel Franco, em Leiria, numa cerimónia cheia de campeões, que tem início às 15 horas, e irá atribuir distinções a 21 atletas, dirigentes e jornalistas. A Câmara de Leiria será galardoada com o prémio Reconhecimento.

Na lista de premiados do CNID estão Sérgio Conceição, campeão nacional pelo FC Porto, que é distinguido como treinador do ano da I Liga de futebol pelo CNID, que também elegeu Darwin Núñez, do Benfica, como melhor jogador.

O técnico já tinha sido laureado com o mesmo prémio em maio de 2018, aquando da conquista do primeiro de três campeonatos nas últimas cinco temporadas. Já o avançado uruguaio Darwin Núñez foi escolhido pelos associados do CNID como o melhor jogador da I Liga, ao liderar a tabela dos marcadores, com 26 golos ao serviço do Benfica, ao passo que o guarda-redes Diogo Costa, do FC Porto, foi o atleta revelação.

Na II Liga, Luís Freire foi premiado como técnico do ano, após ter levado o Rio Ave ao título e à subida de divisão, e Henrique Araújo, do Benfica, como melhor individualidade.

Diogo Jota, vencedor da Taça da Liga e da Taça de Inglaterra com o Liverpool durante esta época, e Abel Ferreira, que juntou a Supertaça sul-americana e o campeonato Paulista à revalidação da Taça dos Libertadores pelo Palmeiras, foram designados como jogador e treinador português do ano no estrangeiro, respetivamente.

O CNID laureou ainda como equipas do ano a seleção de futsal, bicampeã europeia e campeã mundial, e o Benfica, que venceu pela primeira vez a UEFA Youth League de futebol. O prémio Prestígio Fernando Soromenho é atribuído a Tiago Craveiro, que foi para a UEFA, após 10 anos como diretor-geral da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Quanto às restantes modalidades, Auriol Dongmo é distinguida como campeã do ano, depois de ter dominado a prova do lançamento do peso nos Mundiais de pista coberta, ficando o estatuto de revelação do ano entregue aos tenistas Nuno Borges e Francisco Cabral, que formaram a primeira dupla portuguesa a vencer o Estoril Open em pares.

O REGIÃO DE LEIRIA também vai ser distinguido nesta cerimónia com a atribuição do Prémio de Imprensa Desporto com Ética 2021, na categoria regional, entregue pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do PNED-Plano Nacional de Ética no Desporto, e pelo CNID-Clube Nacional de Imprensa Desportiva/Associação dos Jornalistas de Desporto.

O artigo Cartão Branco: valorizar o lado bom faz do desporto uma referência para a sociedade, da autoria da jornalista Marina Guerra, mereceu o 3º lugar na categoria Imprensa Regional e aborda a importância do cartão branco na prática desportiva, na valorização do fair play.

O vencedor desta categoria foi Jorge Machado, com um artigo opinião publicado no jornal Entre Margens (Vila das Aves), intitulado “Ética no Desporto e o Direito”. Em segundo lugar ficou Rafael Raimundo (Região de Cister, Alcobaça), com o artigo “A goleada do Alfeizerense”.

Os prémios são entregues no decurso da Gala do CNID realizada em Leiria, no próximo dia 30 de maio, no Teatro Miguel Franco, a partir das 15 horas.

Lista de premiados

– Prestígio ‘Prémio Fernando Soromenho’ – Tiago Craveiro (ex-CEO da Federação Portuguesa de Futebol)

– Carreira ‘Prémio David Sequerra’ – Joaquim Rita 

– Jornalista ‘Prémio Neves de Sousa’ – Bruno Roseiro (Observador)

– Jornalista Revelação ‘Prémio Vitor Santos’ – Pedro Barata (Expresso)

– Rádio ‘Prémio Artur Agostinho’ – João Gomes Dias (Antena 1)

– Televisão ‘Prémio Alves dos Santos’ – Mariana Águas (CMTV)

– Fotojornalismo ‘Prémio Nuno Ferrari’ – Fernando Ferreira (Record)

– Jornalismo Online – Rodrigo Coimbra (zerozero)

– Reconhecimento – Câmara Municipal de Leiria

– Campeã do Ano – Auriol Dongmo (Sporting)

– Revelação do Ano Modalidades – Nuno Borges /Francisco Cabral (Escola de Ténis da Maia/Clube de Ténis do Porto)

– Equipas do Ano – seleção portuguesa de futsal (bicampeã europeia) e Benfica (vencedor da UEFA Youth League de futebol)

– Treinador I Liga – Sérgio Conceição (FC Porto)

– Treinador II Liga – Luís Freire (Rio Ave)

– Melhor Jogador I Liga (votação dos sócios) – Darwin Núñez (Benfica)

– Jogador Revelação – Diogo Costa (FC Porto)

– Melhor Jogador II Liga (votação dos sócios) – Henrique Araújo (Benfica)

– Melhor Jogador Liga 3 – Martim Maia (Amora)

– Melhor Jogadora da Liga de futebol feminino – Carole Costa (Benfica)

– Treinador português no estrangeiro – Abel Ferreira (Palmeiras)

– Jogador português no estrangeiro – Diogo Jota (Liverpool)  

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar