Assinar
Porto de Mós Exclusivo

Associação de juiz expulso quer que Câmara debata tratamento da Covid-19

O executivo “não pondera tomar qualquer posição relativamente a este assunto”

A associação Habeas Corpus, liderada pelo juiz Rui Fonseca e Castro, já expulso da magistratura por incentivar a violação de regras sanitárias de controlo da Covid-19, solicitou ao executivo municipal de Porto de Mós, que tomasse uma posição sobre o tratamento da doença na origem da pandemia, a Covid-19.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados