Assinar
Sociedade Exclusivo

Estrelas e ouriços do mar numa praia serrana de Porto de Mós

Fósseis de ouriços do mar, lírios do mar ou serpentes-do-mar com milhões de anos podem ser encontrados no sítio encontrado em São Bento.

CMPM

A velha pedreira do Cabeço da Ladeira tinha uma surpresa escondida há muito milhões de anos. Em São Bento, Porto de Mós, em 2003, foi descoberta uma praia jurássica. Mais uma vez, é na serra que o litoral de tempos jurássicos, se revela.

Equinodermes, ouriços do mar, lírios-do-mar e serpentes-do-mar, são apenas alguns dos exemplos das mais diversas e invulgares criaturas que a exploração de inertes trouxe à luz do dia. São exemplares de um tempo em que o local era um ambiente marinho, com águas tépidas e límpidas, propícias à formação de recifes de coral.

Só na década seguinte, a descoberta foi do conhecimento do grande público, muito embora já estivesse no centro de trabalho de alguns cientistas. Para evitar a degradação, os mais relevantes fósseis originais foram substituídos por réplicas.

O estado de conservação dos vestígios existentes no local catapultaram a praia jurássica, com cerca de 170 milhões de euros, para a ribalta. Atualmente, decorre a classificação da jazida como monumento natural. As condições de visitação ao local persistem débeis.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados