Assinar Edições Digitais

Mulher 3.0: Regresso ao armário?

Teclar as palavras mágicas “casamento gay região Leiria” na web dá resultados curiosos.

Catarina Gomes, jornalista catarina.gomes.junior@gmail.com

Teclar as palavras mágicas “casamento gay região Leiria” na web dá resultados curiosos. É logo no terceiro link que salta à vista um vídeo produzido pelo REGIÃO DE LEIRIA, onde se entrevistam jovens do distrito sobre a sua opinião em relação ao casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Envergonhados, revelam que não têm grandes argumentos a favor, muitos menos contra. A insegurança dos jovens ao falar do tema não revela mais do que a falta de confiança geral no país para assumir e tratar de temas polémicos.

O vídeo não me surpreende, pois em 2010 esta lei era nova e a discussão pública também. O que me espanta é que o tema tenha voltado novamente à baila agora em 2013. Ainda há pouco tempo chegaram à imprensa nacional rumores de que há gente importante que quer brincar às legislações, também no que toca à despenalização do aborto. Viva a democracia, mas como mulher do século XXI, este regresso ao passado dá-me voltas à cabeça. Digo à boca cheia que tenho orgulho em muitas coisas no nosso país. Tenho orgulho no nosso mar, tenho orgulho na nossa criatividade e espírito de solidariedade, e tenho imenso orgulho em termos sido o oitavo país do mundo a aprovar o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo. Até mesmo antes da França. Agora o meu orgulho transformou-se em desconfiança. Não será altura de dar este caso por encerrado?

(texto publicado a 21 de março de 2013)