Assinar
O que está a dar na net

Vespas, abelhas e Tarantino

É a natureza na sua cruel realidade. Um vídeo da National Geographic ilustra como 30 vespas gigantes asiáticas – também conhecidas como vespas japonesas – aniquilam uma colmeia de 30 mil abelhas.

É a natureza na sua cruel realidade. Um vídeo da National Geographic ilustra como 30 vespas gigantes asiáticas – também conhecidas como vespas japonesas – aniquilam uma colmeia de 30 mil abelhas. Podia ser um filme de Tarantino, mas é a pura realidade natural.

Este gigante predador – cinco vezes maior que a abelha europeia – temido no mundo dos insectos ensaia um verdadeiro massacre na colmeia.

A estratégia de ataque é simples: fazer o reconhecimento e atacar com reforços. Uma vez aniquilada a colmeia, as vespas alimentam-se do mel e levam as larvas para alimentar a prole. As imagens do ataque estão a circular na internet:

As abelhas europeias introduzidas no Japão para aumentar a produtividade não têm defesas contra estas vespas. Mas as abelhas “japonesas” têm uma tática de defesa, como se pode ver no segundo vídeo: isolam a vespa que prepara o reconhecimento e sufocam-na produzindo calor letal, elevando a temperatura para 47 graus. É um grau acima da temperatura suportada pela vespa. Algumas abelhas morrem, mas é um sacrifício necessário para assegurar a sobrevivência da colmeia.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.