Assinar Edições Digitais
Cultura

Simpósios juntam escultores em Caldas da Rainha e Arrimal

Dois simpósios sobre escultura em pedra arrancam neste fim-de-semana no distrito de Leiria. Caldas da Rainha e Arrimal juntam escultores para criação ao vivo.

Dois simpósios sobre escultura em pedra arrancam neste fim-de-semana no distrito de Leiria.

Mais conceituado, o Simppetra leva a Caldas da Rainha diversos artistas internacionais.

O evento arranca domingo e prolonga-se até ao fim de Julho, no Centro de Artes de Caldas da Rainha.

Bianual, o Simppetra recebeu nesta 13ª edição um recorde de 192 projectos de escultores de todo o mundo, tendo sido seleccionados artistas da Letónia, Bulgária, Japão, Alemanha e França. Portugal está representado pela escultora Filomena Almeida.

Durante um mês, os artistas vão trabalhar ao vivo pedras de grandes dimensões no Centro de Artes, participando ainda num programa que inclui exposições, colóquios e visitas temáticas.

Em estreia a partir de amanhã está o Simpósio Internacional de Escultura em Pedra do Arrimal, freguesia de Porto de Mós.

Até 10 de Julho, o simpósio vai promover o desenvolvimento de escuturas em pedra e criar uma rota de escultura no Arrimal, através da colocação dos trabalhos finais no espaço público.

Participam dois escultores argentinos, Emiliano e Maria Sacco, o francês Thierry Ferreira e os portugueses Luís Carlos Oliveira e Alzira Póvoa Antunes.