Assinar
Sociedade

Moradores denunciam “casa de chuto” em apartamento na Marinha Grande

Pode um apartamento desocupado ser transformado numa sala de chuto? De acordo com vários moradores de Casal do Malta, é isso mesmo que está a acontecer na Marinha Grande.

Pode um apartamento desocupado ser transformado numa sala de chuto? De acordo com vários moradores de Casal do Malta, é isso mesmo que está a acontecer no lote três, rés-do-chão direito, da rua General Humberto Delgado, em plena cidade da Marinha Grande.

Moradores criticam falta de ação das autoridades perante um caso que ameaça a segurança e a saúde pública na zona

O alerta é dado por vários residentes na zona, assustados com os sinais que são observados no local e que adensam os receios de que algo grave possa acontecer.

Perto do Centro de Saúde da Marinha Grande, a escassas dezenas de metros da esquadra da PSP e de várias escolas, as conversas são trocadas entre receios de insegurança. Temendo ameaças, os moradores pediram ao REGIÃO DE LEIRIA para não serem identificados. Mas, o que se passa afinal?

Eis o que nos revela um vizinho do apartamento em causa: “Estão sempre a entrar e a sair mulheres, raparigas e rapazes. Cheguei a contar 30 pessoas a sair do apartamento”. De uma das janelas é possível adivinhar o quadro no interior do imóvel.

Há imenso lixo no chão e as paredes aparentam estar sujas com sangue e fezes. “Anteontem levantei-me e era um mau cheiro intenso. Fui espreitar pela janela que estava aberta e viam-se papéis, trampa e tudo resto”, conta um idoso de 87 anos, vizinho do apartamento que terá sido ocupado de forma ilegal.

CSA

Leia a notícia completa na página 15 da edição de 17 de agosto de 2012.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.