Assinar Edições Digitais
Sociedade

Água regressará à maioria do concelho de Leiria até à madrugada de amanhã

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Leiria preveem retomar o abastecimento de água na maioria das freguesias do concelho de Leiria até às 4 horas da madrugada

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Leiria preveem retomar o abastecimento de água na maioria das freguesias do concelho  de Leiria até às 4 horas da madrugada de amanhã, terça-feira, indica a autarquia em comunicado.

Leiria (foto enviada por ZLB)

O fornecimento de água foi interrompido na sequência da queda de linhas de eletricidade e de árvores, que se registaram nos últimos dias e hoje, pelas 18 horas, os SMAS previam o reabastecimento em falta para as próximas horas.

Nas últimas horas, parte das populações da Carreira, Caranguejeira (Leão e Longra), Marrazes, Ortigosa, Santa Eufémia (Caxieira e Brejieira) e Souto da Carpalhosa começaram a ser reabastecidas gradualmente e seguem-se Santa Catarina da Serra, Bajouca e Chainça.

“As povoações do Arrabal, Barosa, zona alta da Maceira e zona alta da Abadia (Cortes) continuam sem água, apesar dos esforços que têm sido feitos para retomar o seu restabelecimento. Estas situações devem-se aos cortes de energia, causados pelo mau tempo, que provocaram falhas nos sistemas de bombagem das captações e reservatórios de elevação de água, originando interrupções no abastecimento”, revela o comunicado.

Quanto à eletricidade, o mau tempo afetou o funcionamento das quatro subestações que abastecem o concelho. De momento, ainda se verificam problemas no posto de transformação da Serra do Branco (subestação dos Andrinos), em vários postos de transformação que abastecem o Vale Gracioso e num posto de transformação da freguesia do Arrabal (subestação da Azoia).

“A situação mais grave verifica-se na subestação da Ortigosa, onde se encontram ainda um número significativo de postos de transformação sem funcionar. A EDP assinalou ainda a ocorrência de problemas no fornecimento de energia nas freguesias dos Milagres, Maceira, Bidoeira e Ortigosa.

No caso das situações mais críticas, a EDP tem recorrido a geradores, de que é exemplo Carvide, onde existem captações de água”, acrescenta.

Raul Castro, presidente da Câmara de Leiria, reuniu-se hoje com os 29 presidentes de junta de freguesia do concelho e pediu a compreensão dos munícipes afetados por cortes de energia e de água.“Teria havido uma grande tragédia se o temporal que afetou o concelho de Leiria tivesse ocorrido noutra hora e noutro dia. A situação que se viveu no concelho de Leiria foi muito complicada”, afirmou Raul Castro.

O presidente lamentou também “que houvesse quem tenha posto em causa o esforço dos bombeiros e de todas as pessoas que estão envolvidas nas operações de socorro”. “É um insulto para todos nós”, disse.