Natural de Alqueidão da Serra, e com 43 anos de idade, o padre José Frazão Correia, é o novo responsável dos jesuítas em Portugal. O religioso foi nomeado pelo padre geral da Companhia de Jesus, Adolfo Nicolás, como novo provincial dos jesuítas em Portugal, sucedendo ao padre Alberto Brito.

p13_padre_josefrazao_jesuita
José Frazão Correia

“É uma missão confiada pelo padre geral e portanto, enquanto missão, e sendo eu religioso, procuro recebê-la com alegria e confiança”, adian­tou ao REGIÃO DE LEIRIA José Frazão Correia, comentando a sua nomeação.

O sacerdote admite que se trata de “uma missão exigente”, mas assegura: “vivo com fé, e sendo crente e religioso, acredito que com a missão vem também a força de Deus para a viver bem”.

De acordo com a agência Ecclesia, a tomada de posse está marcada para 19 de março, em Lisboa. Contudo, para já, José Frazão Correia ainda está a assimilar a notícia da sua nomeação e confessa: “Ainda estou a apropriar-me desta missão, pelo que neste momento é cedo para me debruçar em concreto sobre os desafios que se colocam”. Ainda assim, assume que a sua é uma missão “de encorajamento, motivação e amizade dos companheiros jesuítas”.

A província portuguesa da Companhia de Jesus, que atualmente abrange Portugal e Moçambique, foi a primeira a ser criada a nível mundial, em 1546, seis anos depois da fundação da congregação, por Santo Inácio de Loiola. A partir de março, será liderada pelo sacerdote natural de Alqueidão da Serra.

(Notícia publicada na edição de 9 de janeiro de 2014)

CSA