Select Page

Tem coragem para entrar na Horribilis Casa?

Tem coragem para entrar na Horribilis Casa?

O segundo andar do edifício do bar Alinhavar, no Largo da Infantaria, em Leiria, é transformado este sábado (23 horas, 3 euros, para maiores de 16 anos) num comboio fantasma… sem comboio.

António Cova, ideólogo e produtor de “Horribilis Casa”, descreve assim esta performance para gente corajosa, integrada no Acaso. “‘Horribilis Casa’ são oito divisões impregnadas de podridão humana em movimento”.

A intenção é deixar aquela noite marcada na memória de cada um, “para o bem e para o mal”:

“É uma oportunidade única para os leirienses assistirem a um espetáculo que decerto os irá defraudar”. Após a escadaria, oito salas apresentam cenários que vão de um repolho enforcado à imitação do híbrido Marques Mendes-Manuel Alegre.

“A intenção será que cada visitante permaneça o tempo que pretender (ou que aguentar) à entrada de cada divisão, podendo mesmo entrar”.

O convite tem um subtítulo: “Venha ver esculturas vivas a caminharem para a morte”. Alguém terá coragem de aceitar? “Não existe uma previsão concreta”.

Mas Cova adverte: “Nesta história não há mesmo nenhuma moral, é uma imoralidade completa”.

Além do próprio Cova, participam Nanou Almar, Pedro Marques, Luís Ferreira, Luís Carvalho, Vânia Jordão, João Augusto, Pedro Oliveira, Carlos Amado, Ricardo Carniça, Sal Nunkachov e João Severo.

Hino oficial da “Horribilis Casa”:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Está a ser eficaz a lei da igualdade salarial entre géneros que entrou em vigor há um ano?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo