Portugal regista hoje 380 mortes associadas à covid-19, mais 35 do que na terça-feira, e 13.141 casos confirmados de infeção (mais 699 face ao dia de ontem, correspondentes a um aumento de 5,6%).

Segundo o relatório da situação epidemiológica divulgados pela Direção-Geral da Saúde, com dados atualizados até às 24 horas de terça-feira, a região Norte é a que regista o maior número de mortos (208), seguida da região Centro (96), da região de Lisboa e Vale do Tejo (68) e do Algarve com oito mortos.

Das 380 mortes registadas, 241 tinham mais de 80 anos, 87 tinham idades entre os 70 e os 79 anos, 38 entre os 60 e os 69 anos, dez entre os 50 e os 59 anos e quatro óbitos entre os 40 aos 49 anos.

Segundo avançou hoje em conferência o secretário de Estado da Saúde, António Sales, a taxa de letalidade média em Portugal cifra-se em 2,9% e acima dos 70 anos em 11,3%.

Entre as pessoas infetadas pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), 1.211 estão internadas (mais 31 do que ontem), 245 das quais em Unidades de Cuidados Intensivos (menos 26).

Do balanço divulgado cerca das 13 horas pela DGS, conclui-se que a grande maioria dos doentes infetados está a recuperar em casa (11.354). O número de doentes recuperados aumentou para 196 (mais 12 do que ontem).

Os dados da DGS reportam ainda 104.886 casos suspeitos desde o início da pandemia, havendo 5.903 pessoas a aguardar resultado das análises. Quanto aos testes já realizados, o resultado foi negativo em 85.842 casos.

O maior número de infeções (7.386) foi contabilizado na região Norte, tendo sido ainda registados 3.424 casos na zona de Lisboa e Vale do Tejo, 1.865 na região Centro, 251 no Algarve, 93 no  Alentejo, 70 nos Açores e 52 na Madeira.

As autoridades de saúde mantêm ainda 24.481 contactos em vigilância (menos 589 do que na terça-feira).

Número de casos confirmados e de óbitos em Portugal

Fonte: Relatório diário da Direção-Geral da Saúde – 8 de abril de 2020

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 40 aos 49 anos, com 2.380 casos positivos de infeção), seguida dos 50 aos 59 anos (2.352), dos 30 aos 39 anos (1.924) e dos 60 aos 69 anos (1.710). Os dados indicam também que há 1.226 casos de pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos e 1.671 com mais de 80 anos.

Há ainda 192 casos de crianças até aos nove anos, 323 de jovens com idades entre os 10 e os 19 anos e nas idades entre os 20 e os 29 anos há 1.363 casos.

Segundo a DGS, 59% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 46% febre, 31% dores musculares, 28% cefaleia, 24% fraqueza generalizada e 17% dificuldade respiratória. Esta informação refere-se a 78% dos casos confirmados.