O número de trabalhadores independentes do distrito de Leiria que recorreu à medida de apoio extraordinário à redução da atividade económica atingiu os 7.125 no início desta semana, segundo o Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério do Trabalho.

Este valor, divulgado na segunda-feira, dia 20, corresponde a 4,45% dos 160.194 trabalhadores que a nível nacional passam “recibos verdes” e recorreram à medida implementada no âmbito da crise da pandemia Covid-19.

O distrito de Lisboa lidera em número de pedidos, com 35.706 (22,29%), seguindo-se o Porto, com 26.605 (16,61%) e Setúbal, com 13.134 (8,20%).

Ainda à frente de Leiria posicionam-se Braga, com 12.793 pedidos (7,99%), Aveiro, com 11.092 pedidos de apoio (6,92%) e Faro, com 10.934 (6,83%).

Com menos pedidos que Leiria, mas nos lugares imediatamente a seguir, encontram-se os distritos de Coimbra, Santarém e Viseu.