Quatro meses depois do primeiro caso de infeção por Covid-19 em território nacional, a região ultrapassa a barreira dos 800 casos confirmados.

Nas últimas 24 horas foram detetados mais nove casos, elevando para 805 o total de casos com resultado de teste positivo na região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém).

O concelho com a maior subida foi Óbidos que passou de 18 para 22 casos positivos, dos quais 12 permanecem ativos.

Em Ourém, ainda relacionado com o surto que está ativo e ligado ao coro do Santuário de Fátima, há mais duas pessoas infetadas com Covid-19. Segundo declarações da delegada de saúde pública Maria dos Anjos Esperança, ao portal Médio Tejo, os doentes, um homem e uma mulher, com mais de 90 anos, encontram-se internados no hospital de Leiria.

Leiria e Bombarral registam mais um caso cada, tal como Caldas da Rainha, onde há dois surtos ativos, um dos quais num infantário que já se encontra encerrado, desde o início do mês.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste Cim Médio Tejo e municípios

Ontem, do resultado dos testes efetuados, detetou-se que uma criança que frequentava a instituição deu positivo, elevando para seis o total de crianças infetadas, explicou o presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira, à agência Lusa.

No âmbito do surto há ainda mais sete pessoas infetadas (duas educadoras e um motorista) e quatro familiares das crianças, de acordo com o autarca. Faltam ainda conhecer os resultados de mais dez testes.

Além deste surto há um outro detetado no lar do Montepio Rainha D. Leonor, nas Caldas da Rainha, com um total de 26 pessoas infetadas (23 utentes e três funcionários).

“Para já, não há ninguém hospitalizado”, disse o autarca. Caldas da Rainha é o concelho da região com mais casos (141), seguido de Leiria (132) e Alcobaça (111).

Sem casos ativos estão os municípios de Alvaiázere, Castanheira de Pera e Pedrógão Grande.

Relativamente às recuperações verificadas nas últimas 24 horas, no Bombarral três pessoas recuperaram da doença, em Caldas da Rainha duas e em Leiria uma. Dos 805 casos confirmados na região, 495 já se encontram recuperados.

Inalterado continua o número de mortes associadas à Covid-19: 34.

Portugal regista mais 443 casos positivos

O balanço diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado pelas 14h30 de hoje, refere que há mais duas mortes em Portugal devido a complicações associadas à Covid-19 e mais 443 casos positivos.

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.631 e o total de casos confirmados é de 44.859.

A zona Centro regista mais 21 casos positivos de Covid-19, num total de 4.232, mantendo-se inalterado o número de vítimas mortais (248). Na região de Lisboa e Vale do Tejo, há mais 327 casos.

Segundo o boletim divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), recuperaram entretanto 29.714 pessoas, mais 269 do que ontem.

Encontram-se ainda 512 doentes hospitalizados (mais um do que ontem), dos quais 74 em unidades de Cuidados Intensivos (menos dois).

Estão ainda 1.496 pessoas a aguardar o resultado laboratorial de testes realizados para o novo coronavírus.

As autoridades de saúde mantêm ainda sob vigilância 33.225 pessoas que terão estado em contacto com pessoas infetadas.