É o valor mais baixo dos últimos cinco dias. A região de Leiria regista quatro novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, depois de ter verificados aumentos superiores a uma dezena na última semana.

Os dados divulgados pela Proteção Civil, comunidades intermunicipais e autarquias dão conta de novos casos confirmados em Alcobaça (dois), Batalha (um) e Porto de Mós (um).

Jorge Vala, presidente da Câmara de Porto de Mós, através da página de Facebook do município, divulgou ontem a confirmação de mais um caso e apelou mais uma vez, à semelhança do que tem realizado nos últimos dias, à adoção de comportamentos de segurança.

“Reiteramos o apelo que temos feito insistentemente; usar máscara, higienizar frequentemente as mãos e manter o distanciamento físico, são as regras fundamentais para que possamos seguir a nossa vida com a normalidade possível, reduzindo o risco de contágio”, disse.

// Comunicado do Presidente da Câmara, Covid-19 de 12 de Setembro de 2020Caros Munícipes, Hoje temos a registar um…Publicado por Município de Porto de Mós em Sábado, 12 de setembro de 2020

A região (distrito de Leiria e concelho de Ourém) tem um total de 1.191 casos confirmados desde o início da pandemia, dos quais 152 mantêm-se ativos.

Desde ontem, sábado, não há alterações no número de doentes recuperados, que se cifra, no total, em 996. Também o número de óbitos associados à Covid-19 registados na região (43) permanece inalterado.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste, CimMédio Tejo e municípios

Portugal tem mais 673 novos casos e sete óbitos

Sete pessoas infetadas com o novo coronavírus morreram nas últimas 24 horas em Portugal, elevando para 1.867 o total de óbitos associados à Covid-19.

Os dados do boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgados há instantes, dão ainda conta de mais 673 novos casos de infeção. Há, ao dia de hoje, 63.983 casos positivos confirmados em Portugal.

Já os recuperados são 175, ascendendo o total a 44.069.

O número de doentes internados em unidades hospitalares subiu para 452, mais 14 do que ontem, dos quais 57 (menos dois) estão em unidades de cuidados intensivos.

A região com maior incidência de casos foi Lisboa e Vale do Tejo (319), onde faleceram seis das vítimas, seguida do Norte (236), que registou um óbito. A região Centro tem 35 casos nas últimas 24 horas, enquanto no Alentejo há mais 60. O Algarve tem 20, nos Açores há mais dois casos e na Madeira mais um.