Na Nazaré o presidente da Câmara testou positivo para a Covid-19. Em Alvaiázere há dois surtos ativos, numa escola e num lar, antevendo que nos próximos dias surjam novos casos de infeção.

No primeiro dia em que o território nacional volta a estar em estado de calamidade, os números de balanço das autoridades de saúde para a Covid-19 continuam a subir na região.

Esta quinta-feira há mais 23 casos positivos de Covid-19 na região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém) e 14 recuperações.

Ourém, com dez casos, e Leiria com nove são os concelhos com maior incidência de casos. Na Marinha Grande, duas pessoas testaram positivo desde ontem, enquanto na Batalha e em Figueiró dos Vinhos se contabilizou mais um caso em cada concelho.

Os casos referentes aos surtos de Alvaiázere já estavam contabilizados nos relatórios anteriores, pelo que é possível que na próxima semana, após a realização de testes à comunidade escolar e aos funcionários e utentes do lar, novos casos sejam detectados.

Em Leiria, o Comando Territorial da GNR de Leiria confirma ao REGIÃO DE LEIRIA que oito militares estão infectados.

Posteriormente “foram identificados, pelo Centro Clínico da GNR, os militares que mantiveram contactos relevantes com os infetados, sendo que, em articulação com as autoridades de saúde locais, foram testados 105 militares, ficando 38 em isolamento, nenhum deles inspirando cuidados especiais de saúde”.

A GNR de Leiria acrescenta ainda que “numa segunda fase, em estreita articulação com as autoridades de saúde locais e com a finalidade de despistar eventuais casos, foram realizados mais 225 testes ao efetivo desta Unidade, os quais deram resultado negativo”.

Os primeiros casos foram detetados ainda em setembro e, informa o Comando, as “várias instalações do Comando Territorial de Leiria foram descontaminadas, através de especialistas da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro (UEPS)”.

Com 388 casos ativos na região, entre os 1.780 confirmados desde o início da pandemia, as recuperações verificadas voltam a ser inferiores ao número de novas infeções. Há 14 pessoas que ultrapassaram a infeção: cinco em Ourém, três em Leiria e três em Porto de Mós, uma na Marinha Grande, outra em Pombal e mais uma na Nazaré.

O número de óbitos associados à doença permanece nos 49.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste, Cim Médio Tejo e municípios

Mais 11 mortes e 2.101 casos de infeção em Portugal

É um novo recorde nacional e pelas piores razões. Portugal volta a apresentar um novo máximo de infeções por Covid-19: 2.101 novos casos positivos.

De acordo com o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS) sobre a situação epidemiológica, registaram-se hoje mais 11 óbitos, elevando para um total de 2.128 mortes desde o início da pandemia. Dos óbitos das últimas 24 horas, sete foram na zona de Lisboa e Vale do Tejo, dois na região Norte e outros dois no Centro.

O total de casos de infeção confirmados é de 93.294, sendo que 1.146 foram registados na região Norte e 733 na zona de Lisboa e Vale do Tejo.

O número de doentes dados como recuperados de Covid-19 aumentou para 55.058, com mais 588 recuperações nas últimas 24 horas.

Já o total de pessoas internadas é de 993 (mais 36 pessoas do que ontem) e nos cuidados intensivos estão hoje 139 pessoas (mais quatro).