Oito concelhos da região de Leiria têm hoje novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registaram 15 novas infeções.

Alcobaça, o segundo concelho com mais casos confirmados desde o início da pandemia, tem hoje, sexta-feira, mais quatro casos positivos, passando a ter 28 ativos.

Caldas da Rainha tem três novos casos de Covid-19, Batalha e Porto de Mós registam mais dois casos cada, enquanto nos concelhos de Leiria, Marinha Grande, Pombal e Peniche há mais um caso em cada.

O número de casos ativos na região (distrito de Leiria e concelho de Ourém) é agora de 326. Leiria, Pombal e Ourém são os concelhos com mais casos ativos.

Nas últimas horas, 12 pessoas recuperaram da doença, das quais oito no concelho de Porto de Mós. Os outros dois casos foram registados em Leiria (um) e Peniche (três).

Dos 1.497 casos confirmados desde março na região, 1.125 já recuperaram da infeção pelo novo coronavírus. Outras 46 pessoas faleceram com complicações associadas à Covid-19.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, CimOeste, Cim Médio Tejo e municípios

Portugal volta a registar mais seis mortes e há 888 novos casos

O balanço diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), divulgado hoje, refere que há mais seis mortes em Portugal devido a complicações associadas à Covid-19 e mais 888 casos positivos.

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.983 e o total de casos confirmados é de 77.284.

A zona Centro regista mais 82 casos positivos de Covid-19, num total de 6.294, mantendo-se inalterado o número de vítimas mortais (263). Na região de Lisboa e Vale do Tejo, há mais 381 casos, sendo a que concentra o maior número de casos nas últimas 24 horas, e é onde se registam cinco dos óbitos.

Na região Norte há 363 novas infeções e um óbito.

Segundo o boletim divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), recuperaram mais 422 pessoas do que ontem. São agora 49.359 o total de recuperados.

Encontram-se ainda 682 doentes hospitalizados, dos quais 107 em unidades de Cuidados Intensivos. Estes valores permanecem inalterados face ao dia de ontem, depois de vários dias consecutivos a aumentar.