Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Leiria contabiliza a 90ª vítima mortal

Número de doentes ativos volta a aumentar. Há mais 12 óbitos, quatro dos quais em Pombal.

Há mais 345 casos de infeção na região de Leiria, nas últimas 24 horas, 256 recuperações e 12 óbitos.

Os dados divulgados pelas autarquias, autoridades de saúde e Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, mostram que a pandemia ainda está longe de dar tréguas na região, num momento em que o concelho de Leiria contabiliza a 90ª vítima mortal.

Relativamente às infeções, Ourém continua a ser o concelho com mais casos diários, 82, seguido de Leiria com 64 novas infeções.

Outros dez concelhos confirmam mais testes positivos: Alcobaça (51), Pombal (42), Caldas da Rainha (29), Nazaré (23), Porto de Mós (11), Batalha (11), Marinha Grande (10), Peniche (9), Bombarral (7) e Óbidos (6).

Há 5.773 doentes ativos na região, mais 78 do que ontem, o que representa um novo máximo. Desde o início da pandemia, 18.666 pessoas da região de Leiria testaram positivo à infeção de Covid-19.

Campanha de testagem nas escolas confirma sete casos

Óbidos apresenta o valor mais baixo de novos casos de infeção nas últimas 24 horas.

A autarquia realizou nos últimos dias testes de despistagem a toda a comunidade escolar, de forma voluntária. Das cerca de mil amostras, divulga o município, resultaram sete casos positivos, dos quais cinco no 1º ciclo e dois no secundário.

“Os casos foram, de imediato, acompanhados pela Autoridade Local de Saúde, estando, neste momento, em isolamento. O Município de Óbidos congratula-se com o baixo número de casos positivos à Covid-19 na comunidade escolar testada e agradece a todos os encarregados de educação que, de forma voluntária, permitiram que os seus educandos pudessem fazer estes testes rápidos, principalmente em momento de confinamento como aquele que vivemos actualmente”, divulga a autarquia de Óbidos.

“Apesar do número relativamente baixo de infectados e assintomáticos, se as aulas continuassem, no caso do Complexo Escolar do Alvito e da Escola Josefa d’Óbidos, levaria a uma suspensão, por força do isolamento, de 30 e 25 por cento, respectivamente, das turmas. Por último, num dos casos detectado como positivo, com parentalidade a um funcionário de um Lar para a Terceira Idade, permitiu isolar esse funcionário e quebrar a transmissão para dentro dessa Estrutura Residencial para Idosos”, acrescenta ainda a mesma informação.

Mais doze óbitos

Seguindo a tendência das últimas semanas, o número de doentes recuperados é inferior ao de novos contágios. Desde ontem, 256 pessoas, em 10 concelhos, ultrapassaram a doença.

Alcobaça apresenta o maior número de recuperações, 60, seguido de Pombal com 51 e Caldas da Rainha com 49. Em Leiria há menos 36 doentes ativos e na Nazaré 20.

Com menos de uma dezena de recuperações estão os municípios da Marinha Grande (9), Óbidos (9), Bombarral (8), Porto de Mós (8) e Batalha (6).

A região de Leiria (distrito de Leiria e concelho de Ourém) tem 423 mortes associadas à pandemia, desde março de 2020.

Ontem, sexta-feira, foram confirmadas mais 12 mortes, quatro das quais em Pombal. Pedrógão Grande, Caldas da Rainha e Alcobaça têm mais dois óbitos cada, enquanto Leiria e Óbidos somam mais um cada.

Castanheira de Pera é o único concelho da região sem vítimas mortais confirmadas.

Os dados referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. A tabela de hoje não inclui a atualização dos dados do ACES Pinhal Interior, exceção em Pedrógão Grande no números de óbitos .

Portugal com novo recorde de óbitos diários

São 275 as mortes associadas à Covid-19 confirmadas nas últimas 24 horas em Portugal.

O número representa o mais elevado desde o início da pandemia e ultrapassa o máximo anterior, verificado no dia de ontem, em que foram 274 as vítimas mortais.

Segundo o boletim diários da Direção-Geral da Saúde (DGS), há mais 11.721 casos de infeção, o que eleva para 636.190 os casos já confirmados em Portugal referentes a esta pandemia.

O boletim revela também que recuperaram da doença 5.167 pessoas e estão internadas 6.117 pessoas, mais 195 do que no sábado, das quais 742 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 22, dois valores que também representam novos máximos da fase pandémica.

O número diário de novos casos ativos é o mais alto de sempre. Estão hoje ativos 169.230, mais 6.279 nas últimas 24 horas.

(atualizado às 14h50, com introdução dos dados do balanço nacional)