Assinar
Covid-19

Covid-19: Porto de Mós regista três óbitos

Número de novos casos supera o de recuperações nas últimas 24 horas. Marinha Grande e Leiria são os concelhos com mais casos ativos.

A têndencia dos últimos dias inverteu e a região de Leiria apresenta hoje, sexta-feira, mais novos casos positivos do que recuperações. A diferença é pequena mas são as infeções que levam “vantagem” no último relatório de balanço Covid-19 divulgado pelas autoridades.

Nas últimas 24 horas, há mais 27 casos positivos de infeção por Covid-19. Uma dezena de casos foi registada na Marinha Grande, enquanto Leiria confirma sete casos. Em Peniche são contabilizada quatro novas situações, em Pombal e Figueiró dos Vinhos mais duas em cada, e em Alcobaça e Nazaré mais um teste revelou positivo em cada.

A útlima atualização dos dados da pandemia na região dão conta de três óbitos, todos no concelho de Porto de Mós, sendo que dois desses doentes já estavam sinalizados como recuperados.

O total de óbitos associados à Covid-19 é agora de 868, desde o início da pandemia, em março de 2020.

Relativamente às recuperações, 25 pessoas ultrapassaram a doença: Leiria tem menos 10 casos ativos, Marinha Grande cinco, em Caldas da Rainha outros cinco, Peniche tem mais duas recuperações e Batalha, Pombal e Porto de Mós mais um doente recuperado em cada.

Dos 28.956 casos de Covid-19 confirmados na região, 27.688 já recuperaram e há a lamentar 868 óbitos.

Permanecem ativos 400 casos.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios.

Os dados referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Portugal com cinco mortes e 488 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje cinco mortes relacionadas com a covid-19, o valor mais baixo desde 25 de setembro de 2020, e 488 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 669 doentes (menos 26 do que na quinta-feira), o número mais baixo desde 30 de setembro, dia em que estavam internadas 666 pessoas.

Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 155 doentes, mais um em relação a quinta-feira.

(Atualização às 14h40 com divulgação dos dados nacionais)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.