Assinar
Desporto

Reportagem do REGIÃO DE LEIRIA recebe Prémio “Desporto com Ética 2020”

Artigo foi publicado em dezembro de 2020 e mereceu a distinção por parte do júri do concurso.

O trabalho “GD Pedreiras: Um projeto de coração onde o pelado parece um tartan” foi distinguido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, através do PNED-Plano Nacional de Ética no Desporto, e pelo CNID-Clube Nacional de Imprensa Desportiva/Associação dos Jornalistas de Desporto, com o Prémio de Imprensa Regional “Desporto com Ética 2020“.

O artigo publicado em dezembro de 2020 foi realizado por Marina Guerra (texto) e Joaquim Dâmaso (fotografia) e mereceu o 3º lugar na categoria Imprensa Regional.

O vencedor desta categoria foi igualmente um jornalista de Leiria, Miguel Sampaio, do Jornal de Leiria, com o trabalho “A leoa e a águia que fizeram abalar o lançamento do peso em Portugal”. Em segundo lugar ficou Daniela Parente, do Notícias de Aguiar, com o artigo “Futebol feminino, uma nova geração de campeãs”.

Foram ainda atribuídas três menções honrosas a Rafael Raimundo (Região de Cister), Jorge Machado (Entre Margens) e Vítor Santos (Diário de Viseu).

Este é o quinto prémio do REGIÃO DE LEIRIA neste concurso que distingue os trabalhos dedicados aos temas do fair-play, do espírito desportivo e da ética.

Em 2014, Marina Guerra foi premiada com o trabalho “Ludo Apta: A experiência do desporto aplicada a toda a sociedade”. Em 2015, a mesma profissional venceu com a reportagem “Levar a correr quem não pode, enche o coração” e, em 2017, o prémio foi arrebatado por Patrícia Duarte, do REGIÃO DE LEIRIA, com a reportagem “Pódio: nem quando ganham elas conseguem lá chegar. 

Em 2018, Marina Guerra voltou a vencer o Prémio  Desporto com Ética para Imprensa Regional,  com a reportagem “Deixa a baliza para jogar na frente e marca golo da vitória”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.