Assinar
Covid-19

Covid-19: Há mais 70 casos positivos e uma vítima mortal a lamentar

Este sábado, Leiria soma mais 22 testes positivos, enquanto a Nazaré vê 10 pessoas recuperar da doença e confirma mais um óbito.

O número de novos casos positivos de Covid-19 na região continua a aumentar na região de Leiria. Este sábado há mais 70 casos confirmados, o que representa o quarto dia consecutivo com mais de sete dezenas de infeções confirmadas pelas autoridades.

Leiria, um dos concelhos que está em alerta dado o elevado número de casos confirmados, contabiliza hoje mais 22 resultados positivos, o que corresponde ao número mais elevado nos concelhos da região comunicado pelas autoridades. Há agora 177 casos ativos na capital de distrito.

Os restantes casos foram verificados em Alcobaça (9), Caldas da Rainha (8), Pombal (7), Porto de Mós (6), Marinha Grande (6), Nazaré (4), Batalha (3), Peniche (2), Ourém (2) e Óbidos (1).

Valor bem diferente é o das recuperações. São “apenas” 27 o total de doentes que conseguiu ultrapassar a infeção, dez dos quais no concelho da Nazaré, que está com risco muito elevado. Em Leiria há mais oito recuperações, duas na Batalha, Alcobaça e Caldas da Rainha, e uma nos concelhos de Alvaiázere, Marinha Grande e Pombal.

O boletim da Proteção Civil de Leiria retificou o número de doentes recuperados em Porto de Mós, corrigindo em baixa (menos três) o total de recuperados.

Pela segunda vez, na última semana, o total de vítimas mortais associadas à Covid-19 volta a aumentar. Há mais um óbito a lamentar, no concelho da Nazaré.

Desde março de 2020 foram confirmados na região 30.985 casos positivos de Covid-19 e há atualmente 642 casos ativos (mais 49 do que ontem).

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.