Assinar
Covid-19

Covid-19: Leiria regista 70 recuperações e há mais um óbito a lamentar em Peniche

Autoridades confirmam 81 novos casos na região de Leiria e mais do dobro de recuperações, 168.

A tendência de diminuição dos casos ativos na região de Leiria mantém-se. Pelo quarto dia consecutivo o número de recuperações é superior do de novos casos positivos de Covid-19. No entanto, esta quinta-feira há mais uma vítima mortal com causas associadas à infeção a lamentar.

Foi no concelho de Peniche que se registou o óbito, elevando para 51 o total de vítimas mortais associadas à pandemia, desde março de 2020. O último balanço em Peniche dá ainda conta de mais quatro casos positivos e oito recuperações.

Desde ontem, a região de Leiria contabiliza 81 novos casos de Sars-CoV-2. Aos quatro de Peniche, juntam-se mais 77, com o concelho de Leiria a representar a maior fatia, 37. Os restantes casos positivos encontram-se distribuídos da seguinte forma: Pombal e Marinha Grande com nove cada, Porto de Mós e Caldas da Rainha com cinco cada, Ourém e Óbidos com quatro cada, Alcobaça com três e Nazaré com um.

Quanto às recuperações, são mais do dobro dos novos casos. Leiria tem 70 recuperações, seguido de Pombal que apresenta mais 40, diminuindo assim o total de ativos no concelho abaixo das duas centenas. Na Marinha Grande há mais 20 recuperações, em Alcobaça 11 e Porto de Mós concentra dez “altas”. Em Caldas da Rainha outras seis, na Batalha duas e na Nazaré verificou-se mais uma recuperação.

Desde o início da pandemia, foram confirmados 36.945 casos positivos, dos quais 34.837 já recuperaram e há 904 óbitos a lamentar. O total de ativos é de 1.204, menos 88 do que ontem.

Fonte: Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo e municípios. Dados acumulados desde o início da pandemia em março de 2020.

Os dados divulgados pelo REGIÃO DE LEIRIA referem-se aos 16 concelhos do distrito de Leiria e ao concelho de Ourém que, apesar de pertencer ao distrito de Santarém, mantém com Leiria grande proximidade e tem o Hospital de Santo André como hospital de referência.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.