Assinar
Marinha Grande

Ciclovia entre a cidade e São Pedro de Moel só regressa no próximo verão

Construção da adutora, que segue paralela à estrada, obrigou à retirada de parte da ciclovia.

O troço de ciclovia que desapareceu junto à estrada que liga São Pedro de Moel à cidade da Marinha Grande, só deverá ser reposto no verão do próximo ano.

A obra está inserida na empreitada de construção da nova adutora Altos dos Picotes – Marinha Grande, que pretende assegurar a melhoria no abastecimento de água, reduzindo os problemas com as roturas de água.

A obra arrancou em julho último, contando com um investimento avaliado em dois milhões de euros, anunciaram na altura os responsáveis da autarquia. A construção da adutora, que segue paralela à estrada, obrigou à retirada de parte da ciclovia.

As obras de reposição da via dedicada aos ciclistas, estão integradas na empreitada de construção da adutora, sendo que a intervenção tem o prazo de um ano para se concretizar. De acordo com informação do município, prevê-se que a obra termine em finais de junho de 2022.

A intervenção foi anunciada no início do ano, no âmbito de um projeto que contemplava a construção da conduta adutora desde os reservatórios do Alto dos Picotes até à praça do Vidreiro, no centro da cidade, num investimento estimado de 1.8 milhões de euros.

Esta obra somava-se aos cerca de 330 mil euros da construção da conduta adutora entre os reservatórios do Alto dos Picotes e São Pedro de Moel, anunciou então o executivo municipal.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.