Assinar
Sociedade

Pai de João Vasconcelos lança livro que recorda um percurso de vida

João Vasconcelos faleceu em março de 2019, aos 43 anos, na sequência de um enfarte do miocárdio.

O livro foi apresentado na terça-feira na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira Joaquim Dâmaso

“Retalhos da Vida do Sonhador – Fazedor João Vasconcelos” é o livro que retrata o percurso de vida do jovem político e empreendedor, a partir de artigos de jornais e revistas.

Compilada por Arménio Vasconcelos, pai de João Vasconcelos, a obra foi apresentada na passada terça-feira, na Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria.

Para o autor do livro, que conduziu a apresentação, as notícias sobre o leiriense “manifestam aquilo que foi, que é, o que fez e o que conseguiu”.

“Ele alimentou muito a minha sede de escrever, de amar, de viver, de me expressar e de contemplar a natureza”, afirmou, num discurso carregado de emoção.

Segundo Arménio Vasconcelos, o valor reunido com a venda do livro servirá para construir um memorial em Castro Daire, no distrito de Viseu, com obras de arte – desenhos, esculturas e pinturas – e gravações, como forma de homenagear o filho.

Anabela Graça, vice-presidente da Câmara de Leiria, sublinhou que “aquilo que existe de inovação e empreendedorismo em Portugal, que são duas palavras-chave, tem a assinatura de João Vasconcelos”. A sessão prosseguiu com intervenções de amigos do leiriense e da sua família.

João Vasconcelos nasceu em setembro de 1975 e faleceu em março de 2019, aos 43 anos, na sequência de um enfarte do miocárdio. Iniciou a sua vida profissional em 1993, aos 18 anos, com a obra do parque aquático Mariparque, na Praia da Vieira.

Mais tarde, em 1999, assumiu a vice-presidência da ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários e, em 2005, foi escolhido para adjunto e assessor do gabinete do primeiro ministro, José Sócrates, com responsabilidade na área dos assuntos regionais e economia.

Em 2011 fundou a StarUp Lisboa – Associação para a Inovação e Empreendedorismo de Lisboa e em 2015 tornou-se secretário de Estado da Indústria, no executivo de António Costa.

O cargo viria a ser ocupado apenas por dois anos e, em 2017, abandonou o Governo e assumiu a função de senior adviser para a área das startups e empresas de tecnologias de informação, na Clearwater International.

Inquérito de satisfação aos leitores

Com este inquérito, o REGIÃO DE LEIRIA tem por objetivo conhecer a opinião dos leitores e melhorar o serviço que presta. Para esse fim, pedimos 5 minutos do seu tempo para responder a um questionário.