Assinar
Ambiente

Associação PATO vai monitorizar aves da lagoa de Óbidos

Câmaras de Óbidos e Caldas da Rainha anunciaram também hoje a intenção de candidatarem a lagoa a zona húmida classificada



Há um novo projeto da lagoa de Óbidos que visa monitorizar as aves aquáticas daquele ecossistema.

“BioLagoa de Óbidos” dá o nome ao projeto a desenvolver pela associação de Defesa do Paul de Tornada – PATO, em parceria com a Águas do Tejo Atlântico, entidade responsável pela despoluição da bacia hidrográfica da lagoa, e o município de Óbidos. Além da contagem e monitorização de aves, com vista à sua proteção e conservação, pretende promover ações de sensibilização e preservação ambiental junto das escolas do concelho de Óbidos.

A iniciativa foi apresentada esta quinta-feira, Dia Mundial das Zonas Húmidas, num encontro realizado no parque de merendas do Arelho.

Durante a sessão, Filipe Daniel, presidente da Câmara de Óbidos, deu ainda conta de uma parceria com o concelho das Caldas da Rainha, com vista à apresentação conjunta de uma candidatura para classificação da lagoa de Óbidos como Zona Húmida Classificada, no âmbito da Convenção de Ramsar.

“Este será o primeiro de muitos projetos em conjunto”, frisou o autarca, na sessão que contou com a participação do presidente da Câmara de Caldas da Rainha, Vítor Marques.

Quanto ao projeto BioLagoa de Óbidos, contempla ainda a criação de uma página na internet dedicada às aves aquáticas da lagoa e que já se encontra ativa, a realização de contagens mensais das aves aquáticas em pontos fixos ao longo da Lagoa e análise dos seus dados, realização de ações de formação abertas ao público em geral e ações de educação ambiental dirigidas a alunos do 1º ciclo do município de Óbidos.

“As contagens, que ocorrerão uma vez por mês de forma a cobrir uniformemente toda a área da lagoa, serão efetuadas a partir de seis locais (foz do Rio Real; Braço da Barrosa; Lapinha; Aberta; Braço do Bom Sucesso e Poça do Vau), com recurso a telescópio e binóculos”, explica ainda a autarquia no mesmo comunicado.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.