Assinar


Leiria

Consórcio que aposta na resina natural na região tem 29 milhões em investimento aprovado

Projeto conta com 38 parceiros, lote que inclui a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, o Politécnico de Leiria e a Resipinus.

O consórcio  RN 21 para a inovação na fileira da resina natural para reforço da bioeonomia nacional, projeto que conta com parceiros na região de Leiria, foi contemplado com a aprovação de 29 milhões de euros de investimento.

Este consórcio conta com 38 parceiros, lote que inclui a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, o Politécnico de Leiria e a Resipinus.

Liderado pelo ForestWISE – Laboratório Colaborativo para a Gestão integrada da Floresta e do Fogo, “viu aprovada a 1ª fase da candidatura, com um investimento de 29 milhões de euros”, anunciou hoje a CIM da Região de Leiria.

No início da semana, o Governo já tinha dado conta que o relatório final com os resultados do convite “Promoção da Bioeconomia Sustentável”, lançado pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática, identificou “três consórcios selecionados pelo Fundo Ambiental para as fileiras do têxtil e vestuário, do calçado, e da resina natural”.

O Governo anunciou ainda que se previa que os três consórcios agora selecionados “mobilizem 236,2 milhões de euros de investimento para os próximos quatro anos e envolvam 160 parceiros e entidades empresariais”.

O consórcio que avança na área da resina natural, “reúne pela primeira vez as empresas e outras entidades de toda a cadeia de valor da Resina Natural em Portugal, num Consórcio integrado e mobilizador de investigação e inovação para uma maior valorização da Resina Natural nacional enquanto produto “bio”, potenciando um maior leque de aplicações de mercado e fomentando a revitalização de toda a cadeia de valor com vista à sua modernização, sustentabilidade e incorporação de conhecimento técnico-científico”, refere agora a CIM da Região de Leiria.

Este projeto será desenvolvido nos territórios da Região de Leiria, Região de Coimbra e Alto Tâmega, durante quatro anos, em torno dos pilares do fomento da produção da resina natural nacional; reforço da sustentabilidade da indústria transformadora; e a diferenciação positiva da resina natural e produtos derivados, aponta a CIM.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.