Select Page

Autor: Marina Guerra

Prisão domiciliária para atropelamento mortal na Barosa

O jovem que atropelou mortalmente Tiago Seiceira, em Dezembro de 2008, na EN 242, na Barosa, foi hoje condenado a dois anos de prisão, pelos crimes de homicídio por negligência grosseira e o crime de omissão de auxílio. A pena será cumprida em regime de permanência na habitação.

Ler Mais

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a lei que proíbe o abate de animais nos canis municipais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter