Assinar Edições Digitais
Covid-19

Covid-19: Doze mortes em Portugal e 1.280 casos confirmados de infeção

São mais 260 casos que os conhecidos ontem.

Doze pessoas morreram em Portugal por complicações decorrentes de infeção pelo novo coronavírus. Quatro na região Centro, quatro na região Norte, três na zona de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Algarve.

Já há 1.280 pessoas com teste positivo para o novo coronavírus em Portugal, mais 260 do que ontem, sexta-feira. O número de doentes internados também subiu, estando 156 pessoas a serem acompanhadas em hospitais, 35 das quais em unidades de cuidados intensivos.

De acordo com o boletim divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), às 11h45, cinco pessoas já recuperaram.

Por apresentarem sintomas ligeiros a moderados, os restantes 1.107 doentes estão a recuperar em casa, em isolamento, com acompanhamento das autoridades de saúde.

Foram sinalizados até à data 9.854 casos suspeitos. Em 7.515 casos, o resultado revelou-se negativo.

Estão por outro lado 1.059 pessoas a aguardar resultado laboratorial.

A DGS reporta que as autoridades têm sob vigilância 13.155 pessoas que terão estado em contacto com doentes infetados.

A região Norte, onde foram identificados os primeiros casos de Covid-19, a 2 de março, continua a ser a mais afetada com um total de 644 casos confirmados. Foram ainda reportados 448 testes positivos para o SARS-Cov-2 na região de Lisboa e Vale do Tejo, 137 na região Centro, 31 no Algarve, 5 na Madeira, 3 nos Açores, 3 no Alentejo e 9 no estrangeiro.

Entre os doentes infetados estão 18 crianças com menos de 10 anos e 52 jovens entre os 10 e os 19 anos. Existem 73 casos de doentes infetados acima dos 80 anos, e 113 entre os 70 e os 79.

Ainda assim é entre o grupo dos 40 aos 49 anos que têm surgido mais casos confirmados (242 ), seguindo-se as faixas dos 30-39 anos (234), 50-59 (214), 60-69 anos (180), e 20-29 (157).

Os dados da DGS referem ainda que 94 casos importados, isto é de pessoas que vieram do estrangeiro nas últimas semanas:  33 de Espanha, 24 de França, 20 de Itália, nove da Suíça, quatro do Brasil, três do Reino Unido, três dos Países Baixos, dois de Andorra, dois dos Emirados Árabes Unidos, e da Alemanha/Áustria, Índia, Irão e Bélgica com um caso cada.

Febre (22%), dores musculares (17%), cefaleias (14%), fraqueza generalizada (11%), tosse (10%), e dificuldade respiratória (9%) são os sintomas mais reportados.

Nota: Título corrigido às 11h58, devido a lapso no número inicial de casos de infeção.